Eduardo Campos vai a Brasília buscar recursos

A convite dos ministérios do Planejamento e das Cidades, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), e o seu apadrinhado político, o prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), irão a Brasília (DF), nesta quarta-feira (10), para angariar recursos que serão investidos em obras de mobilidade urbana; A verba a ser liberada, que integra pacote de R$ 50 bilhões anunciado pela presidente Dilma Rousseff (PT), no último dia 24, será destinada para projetos como o Arco Metropolitano, Plano de Navegabilidade do Capibaribe e corredores exclusivos de ônibus  

Eduardo Campos vai a Brasília buscar recursos
Eduardo Campos vai a Brasília buscar recursos (Foto: Sergio Lima/Folhapress)

PE247 – A convite dos ministérios do Planejamento e das Cidades, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), junto com o seu apadrinhado político e prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), se encontrará com representantes do Governo Federal, nesta quarta-feira (9), em Brasília (DF), para angariar recursos que serão investidos em obras de mobilidade urbana. Os recursos a serem liberados integram um pacote de R$ 50 bilhões anunciado pela presidente Dilma Rousseff (PT), no último dia 24, quatro dias após milhares de pessoas tomarem as ruas pedindo mais eficiência na prestação de serviços públicos, tendo como reivindicação inicial a melhoria na qualidade do transporte público.

O Governo do Estado e Prefeitura do Recife (PCR) têm como principais objetivos, ao receber os recursos, investir no Plano de Navegabilidade do Rio Capibaribe, orçado em R$ 289 milhões e que ainda não saiu do papel. Outros investimentos serão aplicados na continuidade da execução das obras referentes aos corredores exclusivos de ônibus Norte/Sul e Leste/Oeste.

O Arco Metropolitano também está entre as prioridades do governo. A obra consiste na construção de 77 quilômetros (km) de rodovia, que ligará a BR-101 Sul, nas proximidades do Hospital Dom Hélder Câmara, à BR-101 Norte, na altura da fábrica de Cerveja Nobel. Neste caso, o objetivo da obra, que demandará um investimento de R$ 1,5 bilhão, é resolver problemas de congestionamento nas rodovias federais do estado para dar mais agilidade ao transporte de cargas na Região Metropolitana do Recife.

Além de Campos e Geraldo Júlio, foram convidados governadores e prefeitos da Bahia, Ceará, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais. No caso do governador pernambucano, o mesmo deverá ter outras reuniões de cunho político. Curiosamente, o gestor conversou, nesta terça-feira (8), com o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) sobre temas econômicos e políticos. Vale ressaltar que o pessebista já fez uma inserção partidária veiculada naquele estado, que deve ser um candidato socialista, o empresário Vanderlan Cardoso (ex-PMDB), ex-prefeito de Senador Canedo, na região central de Goiás.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247