El Pais: Doria demite quem combate a corrupção e abre crise na prefeitura

O jornal El Pais aponta uma crise na gestão de João Doria Júnior, depois das demissões de Gilberto Natalini e Laura Mendes de Barros, que investigavam casos de corrupção na prefeitura de São Paulo

O jornal El Pais aponta uma crise na gestão de João Doria Júnior, depois das demissões de Gilberto Natalini e Laura Mendes de Barros, que investigavam casos de corrupção na prefeitura de São Paulo
O jornal El Pais aponta uma crise na gestão de João Doria Júnior, depois das demissões de Gilberto Natalini e Laura Mendes de Barros, que investigavam casos de corrupção na prefeitura de São Paulo (Foto: Leonardo Attuch)

SP 247 – O jornal El Pais aponta uma crise na gestão de João Doria Júnior, depois das demissões de Gilberto Natalini e Laura Mendes de Barros, que investigavam casos de corrupção na prefeitura de São Paulo.

Abaixo, um trecho da reportagem de Talita Bedinelli:

A demissão de mais um secretário da gestão João Doria  na Prefeitura de São Paulo trouxe uma nova crise de imagem ao Governo municipal nesta semana. Gilberto Natalini, vereador do Partido Verde (PV), foi demitido da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente para, segundo a versão oficial, acomodar outro partido aliado da base governista na Câmara. A saída dele acontece após a denuncia de indícios de corrupção dentro da pasta, que levaram a secretaria a adotar procedimentos mais rígidos de licenciamento ambiental desagradando construtoras.

Natalini deixa o Governo dias depois da demissão da controladora-geral do município, Laura Mendes de Barros, que investigava as denúncias feitas pela área ambiental da gestão. Ela também liderava outra investigação relacionada a suspeitas de cobrança de propina de funcionários da prefeitura para liberar propagandas proibidas pela Lei Cidade Limpa. A prefeitura afirmou, segundo os veículos nacionais, que a demissão dela se deu "por questões administrativas operacionais".  

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247