Eleitores de Campos e Aécio estão mais próximos

Mesmo que um não assuma o compromisso de apoiar o outro num eventual segundo turno, seus eleitores parecem preferir a mudança; de acordo com o Datafolha, o proporção dos eleitores de Eduardo Campos que votariam em Aécio Neves subiu de 47% para 53%; no sentido inverso, a proporção aecistas que votariam no socialista subiu de 41% para 48%

Mesmo que um não assuma o compromisso de apoiar o outro num eventual segundo turno, seus eleitores parecem preferir a mudança; de acordo com o Datafolha, o proporção dos eleitores de Eduardo Campos que votariam em Aécio Neves subiu de 47% para 53%; no sentido inverso, a proporção aecistas que votariam no socialista subiu de 41% para 48%
Mesmo que um não assuma o compromisso de apoiar o outro num eventual segundo turno, seus eleitores parecem preferir a mudança; de acordo com o Datafolha, o proporção dos eleitores de Eduardo Campos que votariam em Aécio Neves subiu de 47% para 53%; no sentido inverso, a proporção aecistas que votariam no socialista subiu de 41% para 48% (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

PE 247 - No encontro realizado em Recife na última sexta-feira, o governador pernambucano Eduardo Campos e o senador mineiro Aécio Neves não fecharam o compromisso de apoio recíproco em eventual segundo-turno, mas seus eleitores parecem mais propensos a esse acordo. É o que mostra pesquisa Datafolha, segundo informa a colunista Vera Magalhães. Leia abaixo:

Operação casada

O discurso oposicionista de Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB) aproximou os eleitores de ambos. A última pesquisa Datafolha aponta que 53% dos eleitores que dizem votar no governador de Pernambuco optariam pelo senador mineiro em um eventual segundo turno contra Dilma Rousseff. Em novembro, essa proporção era de 47%. A migração também aumenta na mão oposta: 48% dos eleitores do tucano escolheriam o pessebista contra Dilma. Antes, eram 41%.

-

Ela não Os eleitores de Campos que escolheriam Dilma num tira-teima contra Aécio eram 37% no fim de 2013, e agora são 29%. Já os apoiadores do tucano que preferem a petista ao pernambucano num novo turno são 27%, contra 33% em novembro.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email