‘Eles iam roubar São Paulo e eu impedi’, diz Fernando Haddad sobre acusação do MP

O candidato a vice-presidente a chapa encabeçada por Lula, Fernando Haddad (PT) reforçou junto a jornalistas sua defesa com relação à acusação do Ministério Público do Estado de São Paulo de que ele teria feito caixa dois na campanha para prefeito em 2012; Haddad diz: “eu já demonstrei que os interesses da empresa em São Paulo foram contrariados. Eles iam roubar São Paulo e eu impedi”

‘Eles iam roubar São Paulo e eu impedi’, diz Fernando Haddad sobre acusação do MP
‘Eles iam roubar São Paulo e eu impedi’, diz Fernando Haddad sobre acusação do MP (Foto: Ricardo Stuckert)

247 - O candidato a vice-presidente a chapa encabeçada por Lula, Fernando Haddad (PT) reforçou junto a jornalistas sua defesa com relação à acusação do Ministério Público do Estado de São Paulo de que ele teria feito caixa dois na campanha para prefeito em 2012. Haddad diz: “eu já demonstrei que os interesses da empresa em São Paulo foram contrariados. Eles iam roubar São Paulo e eu impedi”.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que a acusação do MP de São Paulo aponta João Filipe Jr., ex-secretário de Saúde de Haddad, como tendo recebido dinheiro para atender interesses da UTC junto à prefeitura. 

Haddad relembrou que já havia refutado essa tese da procuradoria e que várias delações da UTC foram rejeitadas pelo MP por simplesmente não terem sido comprovadas. 

A matéria ainda sublinha a declaração do ex-prefeito em Belo Horizonte: "se a pessoa usou isso, cabe multa, tem que apurar. Tem que ver se foi o candidato ou foi outra pessoa”.

Haddad ainda complementou, dirigindo-se aos jornalistas: “isso é uma apuração que cabe uma multa. Às vezes vocês exageram”.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247