Eliana: "Aliança com PSDB seria bem-vinda"

Pré-candidata do PSB a senadora pela Bahia, assim como o líder nacional socialista, Eduardo Campos, acha viável possível aliança do governador de Pernambuco com o senador Aécio Neves num possível segundo turno da disputa pela presidência da República e já pensa em também coligar com os tucanos. "Acho que isso é uma coisa mais nacional, mas se houver é bem-vinda. Não faço nenhuma oposição a isto"; Eliana Calmon diz que não há chance de seu partido apoiar o PT; "Eu acho que haveria uma certa estranheza"

DF - JUDICI¡RIO/CRISE/TJ-SP - POLÕTICA - (ATEN«√O, SENHORES EDITORES: MAT…RIA COM EMBARGO. PUBLICA«√O LIBERADA A PARTIR DE DOMINGO, DIA 25 DE DEZEMBRO DE 2011). Foto de   arquivo de 20/11/2009 da corregedora nacional de JustiÁa, Eliana Calmon,  durante en
DF - JUDICI¡RIO/CRISE/TJ-SP - POLÕTICA - (ATEN«√O, SENHORES EDITORES: MAT…RIA COM EMBARGO. PUBLICA«√O LIBERADA A PARTIR DE DOMINGO, DIA 25 DE DEZEMBRO DE 2011). Foto de arquivo de 20/11/2009 da corregedora nacional de JustiÁa, Eliana Calmon, durante en (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Embora a senadora Lídice da Mata, presidente do PSB na Bahia e pré-candidata a governadora, não veja possibilidade de coligação com o PSDB, a juíza-política Eliana Calmon vê com bons olhos articulação para aliança com os tucanos.

Ex-ministra do Superior Tribunal de Justiça é pré-candidata do PSB a senadora pela Bahia, assim como o líder nacional socialista, Eduardo Campos, acha viável possível aliança do governador de Pernambuco com o senador Aécio Neves num possível segundo turno da disputa pela presidência da República.

Eliana gosta tanto da ideia, que já pensa em também coligar com o PSDB. "Acho que isso é uma coisa mais nacional, mas se houver é bem-vinda. Não faço nenhuma oposição a isto".

Apesar de ser recém-filiada ao PSB e 'novata' na política partidária, a ex-ministra diz que não há chance de seu partido apoiar o PT. "Eu acho que haveria uma certa estranheza", diz ela em matéria do site Bahia Notícias.

Quando o assunto é o 'namoro' do PSB com partidos na Bahia, Calmon se mostra tranquila e diz "tudo vai bem" no estado.

"A Rede tem um entrosamento muito grande com o PSB e com o PPS. Não há divergências sobre indicações de candidatos".

Ainda sem vice definido na chapa que será encabeçada pela senadora Lídice da Mata, Eliana diz que "não se mete" neste assunto. "Ele é a presidente do partido. Ela que fique à frente desse processo", explicou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email