Eliane decide ficar no PT, mas não fala em candidatura

A ex-primeira-dama Eliane Aquino anunciou ontem, em nota pública, que continuará filiada ao Partido dos Trabalhadores; no entanto, não informou se irá participar da disputa eleitoral de 2016 na capital; ela confirmou que recebeu convites de diversas legendas, mas disse que optou por permanecer no PT, pois “foi através do partido que conheci Marcelo Déda e que aprendi, através do seu exemplo, o que é viver dentro da política de uma forma ética e honrada”; “Espero que todos compreendam minha decisão”, pediu; na manhã de ontem, ela assinou a ficha de filiação, que será submetida à Executiva Estadual do partido

A ex-primeira-dama Eliane Aquino anunciou ontem, em nota pública, que continuará filiada ao Partido dos Trabalhadores; no entanto, não informou se irá participar da disputa eleitoral de 2016 na capital; ela confirmou que recebeu convites de diversas legendas, mas disse que optou por permanecer no PT, pois “foi através do partido que conheci Marcelo Déda e que aprendi, através do seu exemplo, o que é viver dentro da política de uma forma ética e honrada”; “Espero que todos compreendam minha decisão”, pediu; na manhã de ontem, ela assinou a ficha de filiação, que será submetida à Executiva Estadual do partido
A ex-primeira-dama Eliane Aquino anunciou ontem, em nota pública, que continuará filiada ao Partido dos Trabalhadores; no entanto, não informou se irá participar da disputa eleitoral de 2016 na capital; ela confirmou que recebeu convites de diversas legendas, mas disse que optou por permanecer no PT, pois “foi através do partido que conheci Marcelo Déda e que aprendi, através do seu exemplo, o que é viver dentro da política de uma forma ética e honrada”; “Espero que todos compreendam minha decisão”, pediu; na manhã de ontem, ela assinou a ficha de filiação, que será submetida à Executiva Estadual do partido (Foto: Valter Lima)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Sergipe 247 - A ex-primeira-dama Eliane Aquino anunciou ontem, em nota pública, que continuará filiada ao Partido dos Trabalhadores. No entanto, não informou se irá participar da disputa eleitoral de 2016 na capital. Ela confirmou que recebeu convites de diversas legendas, mas disse que optou por permanecer no PT, pois “foi através do partido que conheci Marcelo Déda e que aprendi, através do seu exemplo, o que é viver dentro da política de uma forma ética e honrada”. “Espero que todos compreendam minha decisão”, pediu. Na manhã de ontem, ela assinou a ficha de filiação, que será submetida à Executiva Estadual do partido. 

“Quero dividir com todas as pessoas que sempre estiveram ao meu lado a minha decisão: continuarei no Partido dos Trabalhadores. Como todos têm acompanhado pela imprensa, nos últimos meses recebi convites que muito me honraram para realizar minha filiação em outros partidos. No entanto, mesmo muitas vezes me sentido tentada pela acolhida e carinho recebidos, meu coração doía e sentia um incômodo que não sabia explicar”, disse.

“Os sentimentos foram diversos. As lembranças de tudo que passei após a morte de Marcelo, especialmente os momentos de dificuldade, me levavam a pensar num outro rumo. Mas, aos poucos e com a ajuda dos meus anjos celestiais, fui clareando as ideias, acalmando minha alma e percebendo que o PT faz parte da minha história de vida e de amor. Foi através desse partido que conheci Marcelo Déda e que aprendi, através do seu exemplo, o que é viver dentro da política de uma forma ética e honrada. E é exatamente por ter vivido uma experiência tão linda e ter tido a oportunidade de receber um aprendizado tão grandioso, que informo que não poderia trair a minha história, pois sinto que estaria traindo a mim mesma e ao meu Amor”, complementou.

Eliane Aquino encerra a nota fazendo referência ao governador Jackson Barreto, ao senador Valadares e ao ex-prefeito Edvaldo Nogueira. “Aproveito para registrar meu reconhecimento a todos que buscaram me apoiar e me incentivar, sempre com muito respeito e solidariedade. Não posso nomear a todos, mas gostaria de  fazer um agradecimento especial aos amigos do PSD, que sempre me trataram com muito carinho e atenção; aos membros do PSB, liderados pelos  amigos Valadares; ao PMDB, em nome do governador Jackson Barreto; às lideranças do PDT; e ao PCdoB, do meu querido amigo Edvaldo”, afirmou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247