Eliton busca recursos no BID para inovação tecnológica

Vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton, esteve reunido, nesta quarta-feira, em Brasília, com o especialista sênior em Gestão Financeira do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), German Zappani; um dos principais objetivos do encontro foi discutir parcerias para execução de projetos voltados para inovação tecnológica; instituição financeira sinalizou a possibilidade de participar com recursos e corpo técnico de grandes programas de inovação para a economia goiana

Vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton, esteve reunido, nesta quarta-feira, em Brasília, com o especialista sênior em Gestão Financeira do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), German Zappani; um dos principais objetivos do encontro foi discutir parcerias para execução de projetos voltados para inovação tecnológica; instituição financeira sinalizou a possibilidade de participar com recursos e corpo técnico de grandes programas de inovação para a economia goiana
Vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton, esteve reunido, nesta quarta-feira, em Brasília, com o especialista sênior em Gestão Financeira do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), German Zappani; um dos principais objetivos do encontro foi discutir parcerias para execução de projetos voltados para inovação tecnológica; instituição financeira sinalizou a possibilidade de participar com recursos e corpo técnico de grandes programas de inovação para a economia goiana (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eliton, esteve reunido, nesta quarta-feira (12), em Brasília, com o especialista sênior em Gestão Financeira do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), German Zappani. Um dos principais objetivos do encontro foi discutir parcerias para execução de projetos voltados para inovação tecnológica. Na ocasião, a instituição financeira sinalizou a possibilidade de participar com recursos e corpo técnico de grandes programas de inovação para a economia goiana.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SED) vai pleitear, junto ao banco, investimentos focados, entre outros aspectos, em apoio às aglomerações de empresas e implantação de ambientes inovadores. Para isso, está sendo elaborada uma carta-consulta. Nela, serão apontados setores específicos da economia goiana que devem receber os investimentos que possivelmente serão liberados pelo BID.

Setores como metal mecânico, fármacos, tecnologia da informação e lácteos estão entre as prioridades que devem ser fomentados por meio destes programas. Além disso, existe a expectativa de que o BID aporte recursos para fortalecer os Institutos Tecnológicos de Goiás (Itegos), que compõem a rede de educação profissional e tecnológica do Estado. Até 2018, Goiás contará com 27 unidades, além dos Colégios Tecnológicos (Cotec), que são vinculados a esta rede.

Durante o encontro, José Eliton, explicou ao representante do banco que o governo de Goiás tem trabalhado no sentido de preparar o Estado para o futuro. “Nossa visão é que a inovação tecnológica garanta políticas de desenvolvimento para as mais diversas áreas”, ressaltou.

Acompanharam José Eliton a Brasília o superintendente executivo de Ciência e Tecnologia da SED, Mauro Faiad, e a superintendente de Desenvolvimento Tecnológico, Inovação e Fomento à Tecnologia da Informação, Aline Figlioli. O vice-governador e secretário também garantiu que a agenda de inovação será cada vez mais fortalecida em Goiás.

Mauro Faiad e Aline Figlioli afirmaram ao representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento que Goiás possui todas as condições necessárias para estabelecer parcerias com a instituição financeira. Eles apresentaram diversas ações que são executadas no Estado por meio da SED sob o viés da ciência e da tecnologia. Os Itegos e os Cotecs foram mencionados por ambos.

Ao final da reunião, German Zappani afirmou que Goiás chama a atenção por ser um estado que está sempre buscando aumentar o desenvolvimento de sua economia. “Por tudo que vejo, sinto uma perspectiva de desenvolvimento muito grande em Goiás”, disse o especialista em Gestão Financeira do BID.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email