Eliton vistoria obras do Hospital do Servidor Público

Unidade que está sendo construída em Goiás é uma obra do Ipasgo, que teve as dívidas saneadas pelo governo estadual, e utilizará recursos próprios da ordem de R$ 67 milhões; ao falar aos operários, José Eliton destacou o esforço do governador Marconi Perillo para, ao longo de suas gestões, oferecer saúde de qualidade a todos os goianos; citou a construção do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol) e de outras unidades e a instituição das Organizações Sociais (OS’s) como exemplos; “Marconi deixa um legado para as próximas gerações”

eliton
eliton (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - O governador em exercício, José Eliton, vistoriou nesta terça-feira (27) as obras do Hospital do Servidor Público (HSP) que está sendo construído no Parque Acalanto, em Goiânia. A unidade é uma obra do Instituto de Assistência dos Servidores Públicos do Estado de Goiás (Ipasgo), e utilizará recursos próprios da ordem de R$ 67 milhões. Ao parabenizar todos os profissionais envolvidos no projeto, Eliton anunciou que, por reconhecimento à dedicação de todos os trabalhadores, o governo do Estado buscaria meios de, após a conclusão do hospital, garantir naquela unidade atendimento pleno aos operários responsável pelas edificações.

“Se essa obra está se transformando em realidade, é porque vemos aqui o suor, a dedicação, o trabalho, o amor e o carinho de cada um de vocês que depositam aqui sua energia na construção desse hospital”, disse.

Assim que chegou ao local, Eliton recebeu informações dos técnicos responsáveis pelo projeto. Percorreu pavimentos, conversou com operários, atendeu a pedidos de fotos e, na sequência, conferiu o cronograma de execução da obra – que está em ritmo acelerado. Na sequência, reuniu-se com todos os trabalhadores no refeitório. 

Ao falar aos operários, destacou todo o esforço do governador Marconi Perillo para, ao longo de suas gestões, oferecer saúde de qualidade a todos os goianos. Citou a construção do Hospital de Urgências Governador Otávio Lage (Hugol) e de outras unidades e a instituição das Organizações Sociais (OS’s) como exemplos. “Marconi deixa um legado para as próximas gerações”.

“Estamos diante de um hospital referência que compõe todo um conjunto de ações que fazem e que farão de Goiás um centro de excelência na saúde pública. Todos os hospitais da rede estadual têm hoje um padrão de excelência relevante com mais de 95% de aprovação pelos usuários”, enfatizou o governador em exercício.

O Hospital

A unidade está sendo erguida em um terreno de mais de 21 mil metros quadrados, na região Sul da Capital, com oito blocos para atender diversas especialidades. Conta com centro cirúrgico, central de diagnósticos laboratorial e de imagem, UTIs pediátrica, neonatal e adulta e um auditório.

Ao todo são 211 leitos, sendo 40 em apartamentos para internação; 76 em enfermaria; 30 em UTI; 25 em recuperação; 18 para quimioterapia e 22 para emergências e observação. Estão previstos os setores de urgência e emergência para atendimento aos mais de 600 mil usuários do plano de saúde.

O hospital pretende melhorar a atenção aos usuários do Ipasgo, oferecendo atendimento ambulatorial, exames, internações e cirurgias. Será uma unidade de atenção de média e alta complexidades que vai complementar o atendimento já oferecido pela rede credenciada.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247