Em apresentação, Tite relembra título mundial, admite conversas com o Inter e fala sobre Sheik

"Hoje é um dia de extrema alegria para o Corinthians. Dia duplamente alegre. Faz dois anos que o Corinthians conquistou o bicampeonato. O segundo, é a apresentação do nosso técnico Tite, por acaso o comandante da conquista histórica. Desejo toda a sorte, toda a energia para que possa desenvolver o trabalho a sua altura. Boas vindas em nome da diretoria. Obrigado por ter voltado. Com muita alegria o recebemos", disse o dirigente

"Hoje é um dia de extrema alegria para o Corinthians. Dia duplamente alegre. Faz dois anos que o Corinthians conquistou o bicampeonato. O segundo, é a apresentação do nosso técnico Tite, por acaso o comandante da conquista histórica. Desejo toda a sorte, toda a energia para que possa desenvolver o trabalho a sua altura. Boas vindas em nome da diretoria. Obrigado por ter voltado. Com muita alegria o recebemos", disse o dirigente
"Hoje é um dia de extrema alegria para o Corinthians. Dia duplamente alegre. Faz dois anos que o Corinthians conquistou o bicampeonato. O segundo, é a apresentação do nosso técnico Tite, por acaso o comandante da conquista histórica. Desejo toda a sorte, toda a energia para que possa desenvolver o trabalho a sua altura. Boas vindas em nome da diretoria. Obrigado por ter voltado. Com muita alegria o recebemos", disse o dirigente (Foto: Luis Mauro Queiroz)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Caio Queiroga, do Futnet

Dois anos depois de conquistar o Mundial Interclubes, vencendo o Chelsea na final, o técnico Tite foi apresentado novamente ao Corinthians, agora, com status de ídolo da torcida. Na manhã desta terça-feira, Ronaldo Ximenes, diretor do clube, antecedeu o treinador e ressaltou a última taça levantada pelo comandante.

"Hoje é um dia de extrema alegria para o Corinthians. Dia duplamente alegre. Faz dois anos que o Corinthians conquistou o bicampeonato. O segundo, é a apresentação do nosso técnico Tite, por acaso o comandante da conquista histórica. Desejo toda a sorte, toda a energia para que possa desenvolver o trabalho a sua altura. Boas vindas em nome da diretoria. Obrigado por ter voltado. Com muita alegria o recebemos", disse o dirigente.

Logo depois, foi a vez de Tite pegar o microfone. O treinador não fez promessas, mas garantiu que irá buscar os mesmos resultados de sua primeira passagem.

"Primeiro, o clube ter escolhido e vindo buscar me deixou muito feliz. É o clube que escolhe isso. Eu passei toda essa situação. Eu vou carregar essa história, as coisas boas e ruins. Vamos tentar fazer de novo. Nunca prometemos as vitórias, mas buscamos e nos preparamos para isso. O que a gente conquistar lá na frente vai ser fruto do nosso trabalho. E eu vou repetir o que eu disse antes, quando a equipe é vitoriosa, consegue juntar todo mundo, deixando sempre o clube acima de tudo", afirmou.

O comandante também comentou sobre os interesses de ouros clubes neste fim de ano. Ele afirmou que só iniciou conversar após o fim do Campeonato Brasileiro, e não escondeu negociações com o Internacional e outras equipes.

"Eu só abri possibilidades profissionais para o Corinthians e outros clubes depois do Brasileiro. Para ficar bem comigo mesmo. A partir daí, vieram outras possibilidades. A conversa com o Internacional aconteceu, como outros clubes também procuraram. Foi uma busca justificável. Fico feliz com isso", comentou.

Sobre uma possível volta de Emerson Sheik, Tite deixou as portas abertas ao atacante. "Todos os atletas são um patrimônio e serão respeitados. O Sheik e outros todos. Ele é atleta do clube".

Dessa vez, Tite assinou contrato com o Corinthians por três anos. O técnico comemorou o acordo e quer que outros clubes sigam o exemplo do Timão.

"É a quebra de um paradigma brasileiro. Eu queria que a classe tivesse no mínimo de um ano. Estou sendo um privilegiado. O bom é ver que o Corinthians acredita nisso. Que uma sequência profissional dá frutos. E eu vejo que as ideias permanecem mesmo com pessoas diferentes. Que isso sirva de exemplo para outros clubes", acrescentou.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247