Em Arraias, vereadores quase duplicam subsídio do prefeito

Segundo o autor do projeto de lei, vereador Josemar Bispo (PMDB), existe insegurança jurídica quanto aos salários dos servidores públicos municipais, em especial, os do magistério, haja vista que alguns recebem acima do teto do funcionalismo; "Alguns professores já ultrapassam o salário do prefeito, mas nenhum funcionário público municipal pode ganhar acima do teto dele", justificou o vereador; elevação do salário do prefeito, Wagner Gentil (PSD), de R$ 7 mil elevado para R$ 12 mil foia provado na calada da noite de terça-feira (4)

Segundo o autor do projeto de lei, vereador Josemar Bispo (PMDB), existe insegurança jurídica quanto aos salários dos servidores públicos municipais, em especial, os do magistério, haja vista que alguns recebem acima do teto do funcionalismo; "Alguns professores já ultrapassam o salário do prefeito, mas nenhum funcionário público municipal pode ganhar acima do teto dele", justificou o vereador; elevação do salário do prefeito, Wagner Gentil (PSD), de R$ 7 mil elevado para R$ 12 mil foia provado na calada da noite de terça-feira (4)
Segundo o autor do projeto de lei, vereador Josemar Bispo (PMDB), existe insegurança jurídica quanto aos salários dos servidores públicos municipais, em especial, os do magistério, haja vista que alguns recebem acima do teto do funcionalismo; "Alguns professores já ultrapassam o salário do prefeito, mas nenhum funcionário público municipal pode ganhar acima do teto dele", justificou o vereador; elevação do salário do prefeito, Wagner Gentil (PSD), de R$ 7 mil elevado para R$ 12 mil foia provado na calada da noite de terça-feira (4) (Foto: Gisele Federicce)

Tocantins 247 - No pequeno município de Arraias, os vereadores aprovaram na calada da noite passada (4), em primeira votação, o aumento do salário do prefeito, Wagner Gentil (PSD), que terá seu salário de R$ 7 mil elevado para R$ 12 mil.

O projeto é de autoria do vereador Josemar Bispo, do PMDB. Enquanto o governo Michel Temer manda para o Congresso Nacional medidas duras como a Reforma da Previdência e a Lei da Terceirização, que ferem direitos trabalhistas, os vereadores de Arraias, que tem 10.752 habitantes, apreciarão em segunda votação o aumento do salário do prefeito com a alegação de que se trata de uma "adequação" prevista na Constituição Federal e na Lei Orgânica do município.

Segundo o autor do projeto de lei, existe insegurança jurídica quanto aos salários dos servidores públicos municipais, em especial, os do magistério, haja vista que alguns recebem acima do teto do funcionalismo. "Alguns professores já ultrapassam o salário do prefeito, mas nenhum funcionário público municipal pode ganhar acima do teto dele", justificou Bispo.

Arraias, município que fica no sudeste tocantinense, entre a capital do estado, Palmas, e a capital federal, Brasília, está em polvorosa. Os servidores públicos e os estudantes da Universidade Federal de Tocantins (UFT, campus de Arraias) prometem ir para a frente da Câmara Municipal durante a votação na noite desta quarta-feira 5 para impedir que os vereadores aprovem esse projeto, que vai na contramão das medidas para amenizar a crise econômica nos municípios brasileiros.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247