Em jogo de seis gols, São Paulo e Palmeiras empatam

Com aula de erros defensivos dos dois times, o Choque-rei terminou em 3 a 3

Em jogo de seis gols, São Paulo e Palmeiras empatam
Em jogo de seis gols, São Paulo e Palmeiras empatam (Foto: Dorival Rosa/VIPCOMM)

247 - Ficou no empate o clássico Choque-rei em Presidente Prudente. São Paulo e Pampeiras ficaram no 3 a 3. A partida foi muito movimentada, com as duas equipes se baseando nas suas melhores forças. O tricolor usou muito as investidas de Cortez pela esquerda e o alviverde abusou da bola parada. Com o empate, o Palmeiras ficou na terceira posição, com 22 pontos, e o São Paulo continuou na quinta colocação, com 19 pontos conquistados.

O Jogo

O Palmeiras iniciou o jogo no ataque. Logo aos 5 minutos, João Vitor partiu com a bola dominada e sofreu falta na intermediaria. Na cobrança, Daniel Carvalho bateu por fora da barreira e Denis aceitou: 1 a 0 Palmeiras. O São Paulo parecia uma equipe fragilizada após o gol repentino e passou a errar muitos passes, sem conseguir apresentar volume de jogo. Aos nove minutos, Barcos dominou na entrada da área e chutou forte para boa defesa de Denis.

O tricolor paulista respondeu com Cortez, que chutou forte de fora da área e, meio desajeitado, Deola espalmou para o lado. Depois dos 20 minutos de jogo, as duas equipes equilibraram o jogo, com o São Paulo abusando das saídas de Cortez e o Palmeiras apostando na criatividade de Daniel Carvalho.

Após o tempo técnico, o Palmeiras se lançou ao ataque. Daniel Carvalho tentou jogada com Maikon Leite, a bola sobrou para ele e o meia bateu de fora da área, levando muito perigo ao gol do tricolor. Mesmo com maior posse de bola, o São Paulo não encontrava espaços para fazer suas jogadas.

Quando achou um espaço no forte paredão alviverde, o tricolor empatou a partida. Em cruzamento rasteiro de Casemiro, Cícero apareceu livre na área e empurrou para o fundo do gol. Quando parecia que o jogo iria terminar empatado ao fim do primeiro tempo, o atacante Barcos recebeu na área fintou dois zagueiros e bateu forte, sem chance para Denis.

Segundo tempo

No segundo tempo, o São Paulo mostrou mais poder de ataque, mas ainda utilizou muito o apoio ofensivo de Cortez. Em um avanço, o lateral sofreu pênalti de Cicinho. Willian José bateu forte no canto direito de Deola. Após o gol, o Tricolor melhorou na partida, e se aproveitou do cansaço dos palmeirenses para seguir pressionando. Aos 15 minutos, Cicero bateu falta colocada por cima da barreira e a bola parou no travessão.

Depois da parada técnica, Barcos aproveitou cruzamento, dominou e, com tranquilidade, empurrou a bola para o gol, em mais uma falha da defesa são-paulina. Quatro minutos depois, Fernandinho fez linda jogada e bateu com força sem chances para Deola. 3 a 3. Após o gol do tricolor, o jogo ficoi bastante movimentado com grandes oportunidades para os dois lados.

Aos 33 minutos, Cícero chutou rasteiro no canto direito, obrigando Deola a fazer uma grande defesa. No minuto seguinte, Marcos Assunção cobrou falta venenosa pela direita e Denis fez uma linda intervenção. No fim do jogo, as duas equipes ainda buscavam mais um gol e o jogo seguia muito movimentado. O São Paulo apostava nas jogada individuais de Lucas e Fernandinho, já o Palmeiras insistia nas faltas cavadas para marcar. Mas o placar já tinha sido definido.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247