Em jogo eletrizante, Atlético/PR vence o América/RN por 2 a 0, mas é eliminado da Copa do Brasil

Equipe potiguar teve de se esforçar até o último segundo de jogo para conseguir classificação    

Equipe potiguar teve de se esforçar até o último segundo de jogo para conseguir classificação
 
 
Equipe potiguar teve de se esforçar até o último segundo de jogo para conseguir classificação     (Foto: Luis Mauro Queiroz)

Por Caio Queiroga

Depois de golear o Atlético/PR por 3 a 0 no jogo de ida da Copa do Brasil, o América/RN foi até Curitiba, no Serra Dourada, na noite desta quarta-feira, para tentar seguir adiante na competição. Com o apoio da torcida, a equipe paranaense pressionou durante toda a partida e abriu o placar logo no início de jogo, com Deivid. Próximo ao fim, o Furacão aumentou a esperança de seus torcedores, ampliando com Marcelo. Porém, os potiguares conseguiram manter o resultado e avançaram às quartas de final.

Na primeira vez que chega a esta fase da competição, o América/RN irá enfrentar o vencedor do confronto entre Flamengo e Coritiba, também realizado nesta quarta-feira.

O jogo
Precisando golear, o Atlético/PR foi obrigado a pressionar logo no começo de jogo. As principais jogadas da equipe vinham pelas laterais, e, em duas oportunidades, o zagueio Lázaro afastou. Porém, na terceira, Marcelo cruzou rasteiro e a defesa tirou parcialmente. Deivid pegou o rebote e chutou de fora da área. A bola desviou no próprio Lázaro, e enganou o goleiro Andrey.

A última boa chance do Furacão foi ainda aos 14 minutos, com Cléo, que pegou mal na bola após bom cruzamento de Marcelo. Alguns minutos depois, o atacante sentiu dores na coxa esquerda e teve de ser substituído. Com a entrada de Mosquito, os donos da casa perderam o poder ofensivo e não assustaram mais na etapa inicial.

O início do segundo tempo foi de total pressão do Atlético. Logo aos sete minutos, em uma jogada, a equipe teve duas chances de ampliar. Marcelo recebeu cruzamento e cabeceou firme. O goleiro Andrey fez boa defesa, mas espalmou na cabeça de Arthur Henrique, que acertou a trave. O bombardeio dos donos da casa continuou. Nathan e Natanael finalizaram com perigo, mas pararam na defesa adversária. Na sequência, Mário Sérgio cabeceou com perigo.

Entretanto, a pressão atleticana só resultou em gol aos 43 minutos da etapa final. Paulinho Dias fez boa jogada pela direita e cruzou para Marcelo, que, livre, chutou para marcar. O gol animou a torcida, que passou a jogar junto com a equipe. Porém, já era tarde, e o Furacão não conseguiu se manter na Copa do Brasil.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247