Em meio a impasse, atletas resolvem processar a NBA

Revoltados com indefinio da paralisao, jogadores entraram com um processo em dois estados norte-americanos, acusando a liga de basquete de monoplio

Em meio a impasse, atletas resolvem processar a NBA
Em meio a impasse, atletas resolvem processar a NBA (Foto: Shannon Stapleton/REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revoltados com a indefinição da paralisação na NBA e com a forma de conduzir as negociações dos dirigentes, os jogadores entraram com um processo contra a liga em dois estados norte-americanos, acusando-a de monopólio. Entre os atletas que tomaram esta decisão, estão os astros Carmelo Anthony, do New York Knicks, e Kevin Durant, do Oklahoma City Thunder.

O advogado David Boies, representante dos jogadores na ação, classificou como "um horror" o ultimato dado pela NBA para que os jogadores aceitassem sua última proposta, antes de trabalhar com valores menos vantajosos a eles. De acordo com Boies, a liga está negando a possibilidade de trabalho aos atletas.

"Se você está em um jogo de pôquer, blefa e isso funciona, você é um herói. Se alguém percebe, você perde. Acho que os dirigentes pensaram que tinham uma mão melhor do que de fato tinham", disse o advogado. "Eles fizeram um ótimo trabalho ao seguirem uma linha dura, obrigando os jogadores a fazer concessões atrás de concessões, mas ganância não é apenas uma coisa horrível, é também perigosa", completou.

Nesta semana, os jogadores anunciaram a recusa da proposta feita pela NBA, que previa uma divisão de 50% das receitas para cada lado - o contrato anterior previa 57% para os jogadores. De acordo com a imprensa norte-americana, um dos principais impasses ainda existentes é o sistema de teto salarial.

Segundo Boies, os atletas já fizeram muitas concessões. "Por empurrar os jogadores além de seus limites, acho que eles (dirigentes) causaram isso. Você não desiste de centenas de milhares de dólares se não quiser o acordo, e foi o que os jogadores fizeram. Acho que foi um erro forçar como eles fizeram", disse.

A paralisação na NBA começou no dia 1.º de julho, quando venceu o antigo acordo entre os jogadores e as equipes. Por conta do impasse, o primeiro mês do campeonato 2011/2012, que começaria em 1.º de novembro, e metade do segundo, até o dia 15 de dezembro, já foram cancelados. Com a última recusa por parte dos jogadores, há uma grande chance de a competição sequer ser realizada. Isso porque os representantes da liga já avisaram que seria a última proposta feita por eles.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email