Em Minas, aumentam tarifas de ônibus intermunicipais

As tarifas dos ônibus intermunicipais rodoviários serão aumentarão, em média, 9,31%, a partir das 0h desta quarta-feira (17), em Minas Gerais; o aumento está previsto em contrato, de acordo com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop); os ônibus que ligam os municípios mineiros atendem, em média, 6 milhões passageiros por mês; o reajuste não é válido para linhas que circulam na Região Metropolitana de Belo Horizonte

As tarifas dos ônibus intermunicipais rodoviários serão aumentarão, em média, 9,31%, a partir das 0h desta quarta-feira (17), em Minas Gerais; o aumento está previsto em contrato, de acordo com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop); os ônibus que ligam os municípios mineiros atendem, em média, 6 milhões passageiros por mês; o reajuste não é válido para linhas que circulam na Região Metropolitana de Belo Horizonte
As tarifas dos ônibus intermunicipais rodoviários serão aumentarão, em média, 9,31%, a partir das 0h desta quarta-feira (17), em Minas Gerais; o aumento está previsto em contrato, de acordo com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop); os ônibus que ligam os municípios mineiros atendem, em média, 6 milhões passageiros por mês; o reajuste não é válido para linhas que circulam na Região Metropolitana de Belo Horizonte (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - As tarifas dos ônibus intermunicipais rodoviários serão aumentarão, em média, 9,31%, a partir das 0h desta quarta-feira (17), em Minas Gerais. O aumento está previsto em contrato, de acordo com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop). Os ônibus que ligam os municípios mineiros atendem, em média, 6 milhões passageiros por mês. O reajuste não é válido para linhas que circulam na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

A secretaria informou que o índice corresponde à correção da defasagem entre os preços das passagens e o aumento dos custos no setor ocorrido no período de um ano. Dentre os gastos citados estão combustível, manutenção, aquisição de peças de reposição, depreciação do veículo, taxas, tributos e impostos, além de gastos administrativos gerais e remuneração da mão de obra com benefícios sociais.

A passagem passa de R$ 7,40 para R$ 8,10 no transporte público que liga Sete Lagoas a Pedro Leopoldo; de R$ 56,45 para R$ 61,70, de Belo Horizonte a Ipatinga; de R$ 13,90 para 14,80, de Betim a Itaúna; de R$ 57,20 a R$ 62,5, de Montes Claros e Salinas.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247