Em nota, Aécio isenta Azeredo e aposta nos tribunais superiores

Presidente nacional do PSDB, o senador Aécio Neves divulgou nota em que se declara “surpreso com a condenação em primeira instância do ex-senador Eduardo Azeredo” e afirma que os afiliados estão confiantes da reversão da condenação nas instâncias superiores; Azeredo foi condenado a 20 anos e 10 meses de prisão, em regime inicialmente fechado, pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, no caso do mensalão tucano, durante a campanha eleitoral pela sua reeleição ao governo de Minas Gerais, em 1998

www.brasil247.com - Presidente nacional do PSDB, o senador Aécio Neves divulgou nota em que se declara “surpreso com a condenação em primeira instância do ex-senador Eduardo Azeredo” e afirma que os afiliados estão confiantes da reversão da condenação nas instâncias superiores; Azeredo foi condenado a 20 anos e 10 meses de prisão, em regime inicialmente fechado, pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, no caso do mensalão tucano, durante a campanha eleitoral pela sua reeleição ao governo de Minas Gerais, em 1998
Presidente nacional do PSDB, o senador Aécio Neves divulgou nota em que se declara “surpreso com a condenação em primeira instância do ex-senador Eduardo Azeredo” e afirma que os afiliados estão confiantes da reversão da condenação nas instâncias superiores; Azeredo foi condenado a 20 anos e 10 meses de prisão, em regime inicialmente fechado, pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, no caso do mensalão tucano, durante a campanha eleitoral pela sua reeleição ao governo de Minas Gerais, em 1998 (Foto: Roberta Namour)


247 – O presidente do PSDB, o senador Aécio Neves, divulgou uma nota na noite desta quarta-feira em que se declara “surpreso com a condenação em primeira instância do ex-senador Eduardo Azeredo” e afirma que os afiliados estão confiantes da reversão da condenação nas instâncias superiores.

Azeredo foi condenado a 20 anos e 10 meses de prisão, em regime inicialmente fechado, pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, no caso do mensalão tucano, durante a campanha eleitoral pela sua reeleição ao governo de Minas Gerais, em 1998.

Leia a íntegra:

A decisão de primeira instância em relação a Eduardo Azeredo surpreendeu a todo o PSDB que conhece a trajetória política e a correção que sempre orientou a vida do ex-senador e ex-governador.
Respeitamos a decisão da Justiça, mas estamos confiantes de que nas instâncias superiores o ex-senador possa apresentar as razões de sua inocência e haja reavaliação da decisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email