Em Uberaba, MST pede a saída de Michel Temer

Um grupo de pessoas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou um protesto, em Uberaba (MG), pedindo a saída de Michel Temer e a retomada da reforma agrária; os manifestantes também são contrários à reforma da Previdência; segundo o MST, esta segunda é o dia internacional da luta camponesa e são lembrados os 21 anos do massacre em Eldorado dos Carajás (PA)

Um grupo de pessoas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou um protesto, em Uberaba (MG), pedindo a saída de Michel Temer e a retomada da reforma agrária; os manifestantes também são contrários à reforma da Previdência; segundo o MST, esta segunda é o dia internacional da luta camponesa e são lembrados os 21 anos do massacre em Eldorado dos Carajás (PA)
Um grupo de pessoas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou um protesto, em Uberaba (MG), pedindo a saída de Michel Temer e a retomada da reforma agrária; os manifestantes também são contrários à reforma da Previdência; segundo o MST, esta segunda é o dia internacional da luta camponesa e são lembrados os 21 anos do massacre em Eldorado dos Carajás (PA) (Foto: Leonardo Lucena)

Minas 247 - Um grupo de pessoas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) iniciou um protesto, na manhã desta segunda-feira (17), em Uberaba, no Triângulo Mineiro, pedindo a saída de Michel Temer e a retomada da reforma agrária. Os manifestantes também são contrários à reforma da Previdência. 

Segundo o MST, esta segunda é o dia internacional da luta camponesa e são lembrados os 21 anos do massacre em Eldorado dos Carajás (PA).

A mobilização interdita as duas pistas da BR-050 no km 133, em Uberaba. De acordo com a MGO, concessionária que administra a rodovia, foi feito um desvio no km 136. Há um congestionamento de cerca de três quilômetros nos dois sentidos da BR-050, que obrigou a Polícia Rodoviária Federal (PRF) a ir ao local.

Na pista Sul, por exemplo, – sentido Uberlândia/Uberaba – manifestantes queimaram materiais. Além do controle do fogo, a equipe da MGO realiza sinalização na rodovia, fazendo o controle do tráfego.

 

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247