Empresa diz que incêndio em terminal está sob controle

A empresa Ultracargo informou, há pouco, que o incêndio que atinge tanques de combustível da companhia no Porto de Santos já está sob controle e não há risco de as chamas se espalharem para outros reservatórios; de acordo com nota da Ultracargo, os bombeiros continuam trabalhando para acabar com as chamas e fazer o resfriamento dos tanques; empresa informa ainda que não houve vítimas e que é muito cedo para apontar causas para o incêndio

A empresa Ultracargo informou, há pouco, que o incêndio que atinge tanques de combustível da companhia no Porto de Santos já está sob controle e não há risco de as chamas se espalharem para outros reservatórios; de acordo com nota da Ultracargo, os bombeiros continuam trabalhando para acabar com as chamas e fazer o resfriamento dos tanques; empresa informa ainda que não houve vítimas e que é muito cedo para apontar causas para o incêndio
A empresa Ultracargo informou, há pouco, que o incêndio que atinge tanques de combustível da companhia no Porto de Santos já está sob controle e não há risco de as chamas se espalharem para outros reservatórios; de acordo com nota da Ultracargo, os bombeiros continuam trabalhando para acabar com as chamas e fazer o resfriamento dos tanques; empresa informa ainda que não houve vítimas e que é muito cedo para apontar causas para o incêndio (Foto: Paulo Emílio)

Flávia Albuquerque, Repórter da Agência Brasil - A empresa Ultracargo informou, há pouco, que o incêndio que atinge tanques de combustível da companhia já está sob controle e não há risco de as chamas se espalharem para outros reservatórios. De acordo com nota da Ultracargo, os bombeiros continuam trabalhando para acabar com as chamas e fazer o resfriamento dos tanques. A nota informa ainda que não houve vítimas e que é muito cedo para apontar causas para o incêndio.

Localizada no terminal da Alemoa, em Santos, no litoral paulista, a Ultracargo movimenta produtos químicos, combustíveis, óleos vegetais, etanol e corrosivos. De acordo com informações da empresa, a equipe da Brigada de Incêndio evacuou a área e acionou o plano de ajuda mútua.

A Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) informou que, em virtude do acidente, interditou a via de acesso à margem direita do Porto de Santos, a Avenida Augusto Barata, conhecida como Retão da Alemoa. Segundo a Codesp, o terminal da Ultracargo não fica na área do porto, mas o acesso foi interditado por passar perto do local.

O acesso de caminhões ao porto está sendo feito pelo centro de Santos e a saída para a Via Anchieta, pela Rua Cristiano Ottoni. A Codesp enviou sua brigada de incêndio para colaborar no controle do fogo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247