Entenda a relação entre o cuidado corporal e a autoestima

(Foto: unsplash.com)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

A quarentena mudou a rotina de forma drástica e trouxe muitos desafios para o dia a dia. O isolamento social e todos os cuidados para evitar a disseminação do coronavírus fez os casos de estresse e ansiedade dobrarem no Brasil. Caso os sintomas prevaleçam, é necessário buscar ajuda profissional, evitando que o problema evolua para uma depressão. 

Mas mesmo depois que a pandemia passar, o cuidado corporal é um bom fator para saber como anda a sua autoestima e, consequentemente, a saúde emocional. As rotinas de autocuidado com o corpo podem ser ótimas aliadas para se distrair na quarentena, ajudando muito a manter a mente saudável. 

“Autocuidado não depende só de ‘produtos’, pode também ser tomar um café da manhã mais reforçado, se permitir dormir mais uma hora, acordar mais cedo no sábado para fazer exercício. Pode ser cuidar mente ou do corpo. Ou os dois. Não tem regra, é uma escolha pessoal”, comentou a curadora de bem-estar e expert em slow beauty Marcela Rodrigues, em entrevista ao portal da Revista Cláudia. 

Cuidados com o corpo e bem-estar 

Nunca as rotinas de skincare estiveram tão em alta. Cada dia surgem novos produtos para todos os tipos de pele e o passo a passo de limpar, tonificar, hidratar e proteger se torna uma atividade quase terapêutica e um momento de cuidado e carinho com você mesmo. 

Alguns produtos, inclusive, servem para tratamentos do corpo e rosto, como é o caso do óleo de argan, também conhecido como ouro marroquino, que contém produtos para cabelo, rosto, corpo e unhas. 

Atividade física mesmo em casa 

Praticar alguma atividade física, mesmo em casa, é uma ótima estratégia para elevar a autoestima e excelente para colocar a saúde mental em dia. “Do ponto de vista emocional, quem está ativo diminui a ansiedade e o estresse e aumenta a autoestima e a disposição para fazer tudo no dia a dia. A definição de boa saúde, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), não fala apenas dos aspectos físicos, mas também do bem-estar mental e social.", explicou o professor do Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade de Brasília (UnB), Amilton Vieira, ao portal Saúde Brasil. 

Para quem não quer sair de casa neste momento, diversos aplicativos oferecem exercícios variados em diferentes intensidades para que você possa praticar na sala ou no quarto. 

Alimentação e momentos só seu 

O cuidado corporal também passa pela forma como você se alimenta. Um café da manhã caprichado e sem pressa, refeições calmas e longe do celular e da tela do computador, saborear frutas, verduras, aquela água saborizada no meio da tarde, um chazinho e até uma taça de vinho são formas de cuidar de você e mostram como sua autoestima está em dia. 

Além disso, reservar um tempo para meditar, ouvir música, ler, cuidar das plantas e fazer algo que você gosta são ótimas maneiras de melhorar sua autoestima. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247