Escola infantil pode mudar de sede por causa da “insegurança”, afirma prefeitura

De acordo com nota divulgada pela Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), nesta segunda-feira, "muitas vezes a voz dos professores e o som das brincadeiras dos alunos são abafados pelos tiroteios nas ruas do bairro"

Escola infantil pode mudar de sede por causa da “insegurança”, afirma prefeitura
Escola infantil pode mudar de sede por causa da “insegurança”, afirma prefeitura (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247

A Escola de Educação Infantil Vovô Zezinho, que fica situada no bairro do Arenoso, na periferia de Salvador, pode mudar o endereço por conta da violência, segundo afirma a Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Secult), em nota divulgada nesta segunda-feira (13). A unidade de ensino tem 151 crianças de um a cinco anos matriculadas e pode ter a sede transferida ainda este ano, de acordo com a Prefeitura.

O Governo da Bahia, através da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), respondeu a atitude informando lamentar as colocações da Secult, acompanhado de um balanço do trabalho da polícia na região. A SSP-BA ressaltou que as ações de combate ao tráfico de drogas e à criminalidade da localidade são executadas sem o convênio com o município.

No comunicado, a prefeitura diz que "muitas vezes a voz dos professores e o som das brincadeiras dos alunos são abafados pelos tiroteios nas ruas do bairro", e acrescenta que "toques de recolher" na região já suspenderam aulas, sem especificar a ocasião. A unidade escolar, segundo o órgão, já recebeu prêmios de educação do Ministério da Cultura, sendo considerada referência na educação infantil. A data da mudança ainda não está definida. Segundo a Secretaria, técnicos procuram novo imóvel no mesmo local ou em um bairro próximo.

De acordo com a SSP-BA, as incursões são rotineiras no bairro, feitas pelas polícias Civil e Militar. Em 2011, foram 53 chamados registrados pela ronda na localidade. A SSP-BA afirma ainda que a Polícia Militar soma 35 ordens de serviço no ano de 2012 e relata que 15 criminosos foram presos, além de cinco mortos, durante confronto no bairro Arenoso. Também houve apreensão de armas e drogas; além de oito mandados de prisão de homicidas e traficantes "prestes a serem cumpridos".

Com informações do G1 Bahia

Por outro lado, a Secretaria Municipal de Educação alega que, em março deste ano, a SSP-BA informou que a Ronda Escolar seria reforçada na região para garantir a segurança dos alunos, mas, por problemas "burocráticos", o acordo prometido não teria sido firmado.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email