Escolas particulares de Manaus retomam aulas presenciais com alunos sem sapatos, escudo facial e rodízio

Escolas particulares de Manaus (AM) abriram as portas para os alunos no começo deste mês de julho. Há unidade escolas em que estudantes não podem entrar com sapatos. Estabelecimentos de ensino também adotaram rodízio entre alunos

Escola Meu Caminho
Escola Meu Caminho (Foto: Divulgação/Escola Meu Caminho)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Após três meses sem atividades presenciais por conta do coronavírus, escolas particulares de Manaus (AM) abriram as portas para os alunos no começo deste mês de julho. O Governo do Amazonas divulgou uma cartilha com normas e recomendações oficiais de segurança. Há uma semana, são cerca de 60 mil alunos, distribuídos em pouco mais de 200 instituições privadas, que voltaram às atividades no modelo híbrido, de acordo com o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Privado do Estado do Amazonas (Sinepe-AM). 

Uma das medidas adotas pelas escolas é o sistema de rodízio semanal entre alunos. Metade da turma está em sala de aula e a outra metade estará em casa fazendo atividades de maneira remota. Na semana seguinte os grupos são invertidos. As informações foram publicadas pelo portal G1

No Colégio Martha Falcão, por exemplo, estudantes não podem entrar nas salas de aula com sapatos. As cadeiras deverão ter um distanciamento mínimo de 1,5m entre si. Para a educação infantil deverá ser adotado o distanciamento de pelo menos 2m.

Todos os frequentadores do estabelecimento de ensino terão de usar máscaras de maneira adequada e a todo tempo de máscaras cirúrgicas ou de tecido com no mínimo duas camadas.

Bibliotecas devem funcionar preferencialmente para empréstimo de exemplares. Estudantes não poderão fazer consulta ou leitura no local.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247