Estado já abriu 265 novos leitos hospitalares em 2015

Nestes 100 primeiros dias de 2015, já foram abertos 265 leitos em toda a Bahia, o equivalente a um hospital do porte do Hospital Geral do Estado (HGE); segundo o governo, os números são resultado de corte de custos da atividade meio e redirecionamento de recursos para contratar profissionais de saúde, adquirir equipamentos e concluir pequenas intervenções nas unidades hospitalares; "Graças à revisão de processos, contratos e ajustes de folha salarial, já estão sendo economizados mais de R$ 20 milhões por mês, o que permitiu o redirecionamento de investimentos e a abertura de novos leitos e serviços", diz o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas

Nestes 100 primeiros dias de 2015, já foram abertos 265 leitos em toda a Bahia, o equivalente a um hospital do porte do Hospital Geral do Estado (HGE); segundo o governo, os números são resultado de corte de custos da atividade meio e redirecionamento de recursos para contratar profissionais de saúde, adquirir equipamentos e concluir pequenas intervenções nas unidades hospitalares; "Graças à revisão de processos, contratos e ajustes de folha salarial, já estão sendo economizados mais de R$ 20 milhões por mês, o que permitiu o redirecionamento de investimentos e a abertura de novos leitos e serviços", diz o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas
Nestes 100 primeiros dias de 2015, já foram abertos 265 leitos em toda a Bahia, o equivalente a um hospital do porte do Hospital Geral do Estado (HGE); segundo o governo, os números são resultado de corte de custos da atividade meio e redirecionamento de recursos para contratar profissionais de saúde, adquirir equipamentos e concluir pequenas intervenções nas unidades hospitalares; "Graças à revisão de processos, contratos e ajustes de folha salarial, já estão sendo economizados mais de R$ 20 milhões por mês, o que permitiu o redirecionamento de investimentos e a abertura de novos leitos e serviços", diz o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - Nestes 100 primeiros dias de 2015 (completados hoje - 10), já foram abertos 265 leitos em toda a Bahia, o equivalente a um hospital do porte do Hospital Geral do Estado (HGE). Segundo o governo, os números são resultado de corte de custos da atividade meio e redirecionamento de recursos para contratar profissionais de saúde, adquirir equipamentos e concluir pequenas intervenções nas unidades hospitalares, que impediam a abertura dos leitos.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, "graças à revisão de processos, contratos e ajustes de folha salarial, já estão sendo economizados mais de R$ 20 milhões por mês, o que permitiu o redirecionamento de investimentos e a abertura de novos leitos e serviços. Nos próximos anos, vamos fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS) e construir uma estrutura que seja ainda mais sólida e sustentável".

Cerca de 300 profissionais entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem foram contratados ou realocados das áreas administrativas da rede própria, que é administrada pelo Estado, para que fossem abertos 109 leitos. Deste total, 70 leitos são no Hospital Geral Roberto Santos (HGRS), com destaque para a UTI Neonatal, com 15 leitos, que estará em pleno funcionamento na próxima semana.

A intervenção no HGRS integra 'uma força-tarefa' que tem como objetivo fortalecer a vocação da unidade nas áreas de ensino, pesquisa e assistência à população.

O Hospital Clériston Andrade é outro destaque, com dez leitos de UTI abertos. "O serviço foi modernizado, contando monitores de última geração e, na mesma data, entregamos novo tomógrafo, cujo investimento total foi de R$ 1,3 milhão na adequação estrutural e de equipamentos", afirmou Vilas-Boas.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247