Estado registra diminuição dos casos de dengue e zika

O governo do Piauí alerta à população para manter-se vigilante nos cuidados contra o mosquito Aedes aegypti, pois os boletins registraram uma redução de casos de dengue e zika, mas há um aumento de pessoas afetadas pela chikungunya; houve uma redução de 2,5% nos casos de dengue, em relação ao mesmo período de 2016; de 01 de janeiro a 22 de novembro deste ano, foram 5.050 casos notificados em 128 municípios

O governo do Piauí alerta à população para manter-se vigilante nos cuidados contra o mosquito Aedes aegypti, pois os boletins registraram uma redução de casos de dengue e zika, mas há um aumento de pessoas afetadas pela chikungunya; houve uma redução de 2,5% nos casos de dengue, em relação ao mesmo período de 2016; de 01 de janeiro a 22 de novembro deste ano, foram 5.050 casos notificados em 128 municípios
O governo do Piauí alerta à população para manter-se vigilante nos cuidados contra o mosquito Aedes aegypti, pois os boletins registraram uma redução de casos de dengue e zika, mas há um aumento de pessoas afetadas pela chikungunya; houve uma redução de 2,5% nos casos de dengue, em relação ao mesmo período de 2016; de 01 de janeiro a 22 de novembro deste ano, foram 5.050 casos notificados em 128 municípios (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Denise Nascimento

O Governo do Piauí alerta à população para manter-se vigilante nos cuidados contra o mosquito Aedes aegypti, pois os boletins registraram uma redução de casos de dengue e zika, mas há um aumento de pessoas afetadas pela chikungunya.

Houve uma redução de 2,5% nos casos de dengue, em relação ao mesmo período de 2016. De 01 de janeiro a 22 de novembro deste ano, foram 5.050 casos notificados em 128 municípios.

Em relação à chikungunya, foram 6.247 casos notificados em todo o estado, registrando aumento de 203,5% em relação ao mesmo período de 2016. As maiores incidências de chikungunya por 100 mil habitantes foram registradas nas cidades de Francinópolis, Cajueiro da Praia,  São Raimundo Nonato, Várzea Branca e Luis Correia.

Os casos de zika registraram diminuição, quando comparados os anos de 2016 e 2017, com 216 e 155, respectivamente. 

Confira aqui o boletim.

 

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247