Eunício: 'dinheiro para implantação do sistema único da segurança já existe'

De acordo com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), o dinheiro para a implantação dos sistema integrado de segurança pública já existe. “Temos vários serviços de inteligência no Brasil dos quais não se fala, então o dinheiro já existe”. Eunício disse ainda que entregou ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, uma minuta de projeto, que deverá ser votado ainda este mês. “Nós queremos aprovar na Câmara e no Senado até o dia 20 de março”, informou

De acordo com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), o dinheiro para a implantação dos sistema integrado de segurança pública já existe. “Temos vários serviços de inteligência no Brasil dos quais não se fala, então o dinheiro já existe”. Eunício disse ainda que entregou ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, uma minuta de projeto, que deverá ser votado ainda este mês. “Nós queremos aprovar na Câmara e no Senado até o dia 20 de março”, informou
De acordo com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), o dinheiro para a implantação dos sistema integrado de segurança pública já existe. “Temos vários serviços de inteligência no Brasil dos quais não se fala, então o dinheiro já existe”. Eunício disse ainda que entregou ao ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, uma minuta de projeto, que deverá ser votado ainda este mês. “Nós queremos aprovar na Câmara e no Senado até o dia 20 de março”, informou (Foto: Rodrigo Rocha)

Ceará 247 - O presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), afirmou nesta quinta-feira (1) que “já existe” o dinheiro para a implantação do sistema integrado de segurança pública. “Temos vários serviços de inteligência no Brasil dos quais não se fala, então o dinheiro já existe”. Ele disse ainda que a proibição do contigenciamento dos recursos do Fundo Penitenciário (Funpen), aprovada pelo Senado, esta semana, garantirá o montante necessário. 

Eunício também informou que uma comissão geral vai discutir segurança pública no Plenário do Senado na próxima terça-feira (6). Entre os convidados estão o o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann e o ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna. “Nós vamos fazer uma comissão geral aqui no Plenário para fazermos o debate sobre a segurança pública e entreguei ao ministro essa condição, de fazer sugestões a esse projeto que está aberto”, explicou.

Durante reunião com Jungmman, o presidente do Senado entregou ao ministro uma minuta de projeto que prevê a criação de um sistema federal unificado de segurança pública como forma de aprimorar a troca de informações entre agentes e órgãos públicos, além do desenvolvimento de instrumentos de fiscalização, investigação e repressão mais modernos.

“Este projeto vai ser debatido e aprovado na Câmara e na sequência vem para o Senado. Nós vamos dar regime de urgência, o que já foi combinado com o presidente da Câmara, que vai fazer aprovação em regime de urgência também”, ressaltou Eunício.

O presidente do Senado afirmou ainda que a proposta deve ser votada ainda no mês de março. “Nós queremos aprovar na Câmara e no Senado até o dia 20 de março”, informou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247