Eunício: se o PMDB não tiver candidato, sou eleitor do Lula

Embota tenha apoiado o golpe parlamentar de 2016, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse que caso o PMDB não lance candidato próprio à Presidência da República em 2018 apoiará uma eventual candidatura do ex-presidente Lula; "Se não houver um entendimento nacional, se não houver uma aliança local que me obrigue diferente, eu sou eleitor do Lula", afirmou Eunício

Embota tenha apoiado o golpe parlamentar de 2016, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse que caso o PMDB não lance candidato próprio à Presidência da República em 2018 apoiará uma eventual candidatura do ex-presidente Lula; "Se não houver um entendimento nacional, se não houver uma aliança local que me obrigue diferente, eu sou eleitor do Lula", afirmou Eunício
Embota tenha apoiado o golpe parlamentar de 2016, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse que caso o PMDB não lance candidato próprio à Presidência da República em 2018 apoiará uma eventual candidatura do ex-presidente Lula; "Se não houver um entendimento nacional, se não houver uma aliança local que me obrigue diferente, eu sou eleitor do Lula", afirmou Eunício (Foto: Paulo Emílio)

Ceará 247 - O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), disse que caso o PMDB não lance candidato próprio à Presidência da República em 2018 apoiará uma eventual candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). "Se não houver um entendimento nacional, se não houver uma aliança local que me obrigue diferente, eu sou eleitor do Lula", afirmou Eunício em entrevista ao jornal O Povo,

Declaração de apoio a Lula pode ser uma espécie de sinalização dada por Eunício visando uma reaproximação com o governador do Ceará, Camilo Santana (PT), para fazer uma aliança e assim disputar a reeleição com o apoio do PT. O PT e o PMDB estão rompidos desde março de 2016.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247