Ex-engraxate é aprovado em Medicina aos 57 anos

Jeová David Ferreira, que hoje é bancário aposentado, passou no vestibular da Universidade de Rio Verde, no sudoeste de Goiás; ele superou concorrência de 70 candidatos por vaga; Jeová faz cursinho há quatro anos e no último domingo também fez a prova da Universidade Federal de Goiás

Ex-engraxate é aprovado em Medicina aos 57 anos
Ex-engraxate é aprovado em Medicina aos 57 anos (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247_ O ex-engraxate Jeová David Ferreira, de 57 anos, está disposto a provar que nunca é tarde para realizar seus sonhos. Hoje ele é bancário aposentado e após 35 anos longe da escola resolveu voltar à sala de aula para tentar cursar medicina, seu sonho de infância que era compartilhado com a mãe.

E tanto esforço já deu resultado. Jeová foi aprovado em medicina na Universidade de Rio Verde, no sudoeste do Estado. Ele superou uma concorrência de 70 candidatos por vaga. Um dos empecilhos agora é o custo da faculdade, que é particular.

Para passar no vestibular a rotina de estudos é pesada. “Levantava às 5h da manhã e logo em seguida assistia ao Tele Curso, até umas 6h. Depois, ia para o colégio. Chegando ao colégio, assistia aula o dia todo, até umas 22h. Isso todos os dias”, lembra o aposentado

“Desde pequeno, ele falava para a minha mãe que ia ser médico”, lembra a irmã mais velha de Jeová, Maria Aparecida Ferreira.
Jeová segue em seu objetivo e no último domingo fez a primeira fase do vestibular da Universidade Federal de Goiás (UFG). O curso de medicina foi o mais concorrido com 64,4 candidatos por vaga.

Para passar no vestibular Jeová faz cursinho há quatro anos. “Ele é a prova de que não devemos nunca desistir dos nossos sonhos, mesmo que demore 5, 10 ou 57 anos”, afirma o diretor da instituição, Marcos Araújo, em entrevista à TV Anhanguera.

“É um exemplo para a gente. E a moçada mais nova que for fazer a prova amanhã tem um concorrente forte aí porque o velhinho está preparado”, declarou Fernando David Ferreira, filho do aposentado.

“Estou animado para fazer a prova amanhã. Mas vestibular é sempre uma caixinha de surpresas. A gente nunca se sente preparado. Quando a gente chega lá, dá a tensão pré-vestibular, que é a TPV e parece que o relógio dispara. Quando você vê, já acabou o tempo”, disse o aposentado na véspera da prova em entrevista á TV Anhanguera.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email