Ex-presidente da CUT assume Trabalho de Haddad

Filiado ao PT, Artur Henrique ocupará vaga que era do vereador Eliseu Gabriel, do PSB, na prefeitura de São Paulo; após dois mandatos à frente da CUT, o dirigente ocupava a Secretaria de Relações Internacionais adjunta da entidade

Filiado ao PT, Artur Henrique ocupará vaga que era do vereador Eliseu Gabriel, do PSB, na prefeitura de São Paulo; após dois mandatos à frente da CUT, o dirigente ocupava a Secretaria de Relações Internacionais adjunta da entidade
Filiado ao PT, Artur Henrique ocupará vaga que era do vereador Eliseu Gabriel, do PSB, na prefeitura de São Paulo; após dois mandatos à frente da CUT, o dirigente ocupava a Secretaria de Relações Internacionais adjunta da entidade (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

por Vitor Nuzzi, da Rede Brasil Atual
São Paulo – O ex-presidente da CUT (2006-2012) Artur Henrique, 52 anos, assumirá na semana que vem a Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo da Prefeitura de São Paulo. Filiado ao PT, ele ocupará a vaga que foi de Eliseu Gabriel, vereador pelo PSB. A posse está marcada para segunda-feira (17), em horário a ser confirmado.

Após dois mandatos à frente da CUT, o dirigente ocupava a Secretaria de Relações Internacionais adjunta da entidade. Também era responsável pelo Instituto de Cooperação Internacional criada pela CUT e membro do Conselho Executivo da Central Sindical das Américas (CSA).

Artur Henrique da Silva Santos, que completará 53 anos em junho, é paulistano da Vila Pompeia, bairro da zona oeste. O pai tinha uma papelaria e a mãe era trabalhadora doméstica. A formação universitária foi em Campinas, no interior, para onde a família se mudou em 1979. Fez concurso e entrou na Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), na época uma estatal, como eletrotécnico.

Tornou-se dirigente sindical em 1987 (no atual Sinergia), na mesma época em que começou a estudar Sociologia na PUC.

De 2000 a 2003, Artur Henrique foi diretor da CUT de São Paulo. Chegou à CUT nacional em 2003.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email