Ex-presidente da Fiesp rejeita Bolsonaro: “problema civilizatório"

"O problema do Bolsonaro é civilizatório. O Brasil retrocederia neste ponto e voltaria a discutir temas como gênero, segurança... o Brasil não precisa disso”, afirma o ex-presidente da poderosa Fiesp, Horácio Lafer Piva; opinião vai de encontro a do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, que diz não ter medo de um governo Bolsonaro

Ex-presidente da Fiesp rejeita Bolsonaro: “problema civilizatório"
Ex-presidente da Fiesp rejeita Bolsonaro: “problema civilizatório"
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

SP 247 - Ex-presidente da Fiesp e Presidente da Klabin, a maior indústria de papel da América Latina, Horácio Lafer Piva rebate o presidente da CNI, Robson Andrade que diz não ter medo de um governo Bolsonaro.

Em declaração a Josette Goulart, na Folha de S.Paulo, Piva aponta o perigo de uma vitória do ex-capitão do Exército que prega a volta da ditadura e da tortura: “O problema do Bolsonaro é civilizatório. O Brasil retrocederia neste ponto e voltaria a discutir temas como gênero, segurança... o Brasil não precisa disso”.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247