Ex-secretário acusado de assédio sexual sai "em paz"

"Agradeço à população bahiana (sic) pelo incomensurável apoio que recebi nesses três anos e meio de Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. Saio com a consciência do dever cumprido e, portanto, com a alma repleta de paz. Volto agora à trincheira de luta do Ministério Público da Bahia, minha instituição de origem. Contem sempre comigo", disse Almiro Sena em seu perfil no Facebook; ele pediu exoneração da pasta sob acusação de assédio sexual e moral contra servidoras

"Agradeço à população bahiana (sic) pelo incomensurável apoio que recebi nesses três anos e meio de Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. Saio com a consciência do dever cumprido e, portanto, com a alma repleta de paz. Volto agora à trincheira de luta do Ministério Público da Bahia, minha instituição de origem. Contem sempre comigo", disse Almiro Sena em seu perfil no Facebook; ele pediu exoneração da pasta sob acusação de assédio sexual e moral contra servidoras
"Agradeço à população bahiana (sic) pelo incomensurável apoio que recebi nesses três anos e meio de Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. Saio com a consciência do dever cumprido e, portanto, com a alma repleta de paz. Volto agora à trincheira de luta do Ministério Público da Bahia, minha instituição de origem. Contem sempre comigo", disse Almiro Sena em seu perfil no Facebook; ele pediu exoneração da pasta sob acusação de assédio sexual e moral contra servidoras (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - O agora ex-secretário de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Almiro Sena, usou seu perfil no Facebook para comentar sua exoneração e, apesar de ter renunciado ao cargo por acusação de assédio sexual e moral, ele disse que deixou a pasta "com a alma repleta de paz". 

"Agradeço à população bahiana (sic) pelo incomensurável apoio que recebi nesses três anos e meio de Secretaria de Justiça, Cidadania e Direitos Humanos. Saio com a consciência do dever cumprido e, portanto, com a alma repleta de paz. Volto agora à trincheira de luta do Ministério Público da Bahia, minha instituição de origem. Contem sempre comigo", postou Almiro Sena.

O ex-secretário é promotor de Justiça do Ministério Público do Estado (MPE), instituição que está apurando denúncia das servidoras que lhe acusam dos abusos.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247