Exame tem espera de quase um ano mesmo após programa de Doria

Mais uma falácia do prefeito de são Paulo, João Doria (PSDB): o programa Corujão da Saúde, que prometia zerar a fila de espera para exames na rede municipal, fracassou; em alguns casos, o tempo de espera para atendimento fica em média em 336 dias; no total, há 128 diagnósticos com tempo médio de espera informado; desses, 84% levam mais de 30 dias e 64%, mais de 60; o tempo médio de espera é de 89 dias; no total, a fila tem 215 mil procedimentos cada um pode se referir a mais de um paciente

O prefeito João Doria
O prefeito João Doria (Foto: Giuliana Miranda)

SP 247 - Um paciente com incontinência urinária levará em média 336 dias para conseguir fazer um exame detalhado na rede municipal de saúde sob a gestão João Doria (PSDB).

O intervalo é o previsto para a realização da avaliação urodinâmica completa, diagnóstico com maior tempo de espera na rede municipal.

Embora a fila de exames em São Paulo tenha diminuído desde o início do ano, a maioria dos procedimentos ainda tem uma espera maior que a prometida pelo prefeito para o Corujão da Saúde.

O programa prometia zerar a fila até abril mas envolveu só seis tipos de exames de imagem. Depois, o prazo seria normalizado em 30 dias. Posteriormente, Doria estendeu o limite para 60 dias.

O Corujão da Saúde é hoje um exemplo nacional de eficiência na gestão pública de saúde. Existem filas, mas são administráveis para um prazo de 30 dias para os mais urgentes e de 60 dias para os demais tipos de exame, disse o tucano no último dia 11.

No entanto, três meses depois, uma nova fila surgiu, com outros exames e novos pacientes, mostram dados da Secretaria Municipal da Saúde enviados à Folha depois de pedido feito por meio da Lei de Acesso à Informação.

No total, há 128 diagnósticos com tempo médio de espera informado. Desses, 84% levam mais de 30 dias e 64%, mais de 60. O tempo médio de espera é de 89 dias. No total, a fila tem 215 mil procedimentos cada um pode se referir a mais de um paciente.

As informações são de reportagem de Angela Pinho na Folha de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247