Exames confirmam: Siqueira está com pneumonia

O responsável médico pelo tratamento do ex-­governador do Tocantins Siqueira Campos (ex-PSDB e atualmente sem partido) confirmou o diagnóstico de pneumonia; o ex-­governador, de 88 anos, foi internado nessa quarta­-feira (25) no Hospital Osvaldo Cruz, em Palmas, com febre e desidratação

O responsável médico pelo tratamento do ex-­governador do Tocantins Siqueira Campos (ex-PSDB e atualmente sem partido) confirmou o diagnóstico de pneumonia; o ex-­governador, de 88 anos, foi internado nessa quarta­-feira (25) no Hospital Osvaldo Cruz, em Palmas, com febre e desidratação
O responsável médico pelo tratamento do ex-­governador do Tocantins Siqueira Campos (ex-PSDB e atualmente sem partido) confirmou o diagnóstico de pneumonia; o ex-­governador, de 88 anos, foi internado nessa quarta­-feira (25) no Hospital Osvaldo Cruz, em Palmas, com febre e desidratação (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - O responsável médico pelo tratamento do ex-­governador do Tocantins Siqueira Campos (ex-PSDB e atualmente sem partido) confirmou nesta quinta-­feira (26) o diagnóstico de pneumonia. O ex-­governador, de 88 anos, foi internado nessa quarta­-feira (25) no Hospital Osvaldo Cruz, em Palmas, com febre e desidratação.

Siqueira já havia sido hospitalizado em junho do ano passado, com pneumonia no pulmão direito. Ele ficou durante uma semana na UTI.

De acordo com a Assessoria de Comunicação de Siqueira Campos, “o ex­governador já apresenta melhoras com o quadro de febre e desidratação tendo sido debelado já nas primeiras três horas de internação”. A expectativa é que a medicação possa curar a pneumonia em uma semana, segundo o texto.

“O ex­governador prossegue lúcido, conversando e se alimentando normalmente. Teve uma noite de sono tranquila, porém, por recomendação médica, necessita de repouso absoluto por pelo menos 10 dias, sendo que cinco deles serão em regime de internação hospitalar”.

 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247