Faltam imóveis que satisfaçam o comprador

Dinheiro parece no ser o principal problema para o consumidor que sonha com a aquisio de um imvel ; a questo, agora, est na baixa oferta de empreendimentos que satisfaam os pernambucanos, por isso o Estado teve uma queda de 38,8% nas vendas dos empreendimentos

Faltam imóveis que satisfaçam o comprador
Faltam imóveis que satisfaçam o comprador (Foto: Andréa Rêgo Barros/247)

PE247 Falta de oferta. Apesar de muito reclamar da alta dos preços dos novos imóveis no Estado, o principal motivo da queda das vendas não parece ser o o custo e, sim, a falta de oferta de empreendimentos que se enquadram no sonho dos pernambucanos. Se comparado os dois últimos anos, houve uma redução de 38,8% nas compras de novos imóveis. Mas esse fenômeno é justificado por outra percentagem: diminuição de 39,3% na disposição do setor. Os apontadores são indicados pelo índice de Velocidade de Vendas medido pela Federação das Indústrias de Pernambuco (Fiepe).

Ou seja, os consumidores tem dinheiro, vontade de comprar, mas falta oferta de imóveis no gosto dos clientes. A procura é tanta que algumas construtoras se dão ao luxo de escolher, “a dedo”, o tipo de pessoa para acertar o acordo (geralmente os mais familiares e com renda mais elevada). Certas imobiliárias, inclusive, têm lista de espera para empreendimentos que só serão lançados em meses posteriores.

Essa falta de oferta é fundamentada em dois fatores principais: a burocracia para conseguir os documentos necessários para venda do imóvel e a o aumento dos preços dos terrenos, que acaba implicando em menos construções. Mas, quando o assunto é dinheiro no bolso, em geral, o consumidor pernambucano tem conseguido (pelo menos por enquanto) driblar as elevações do mercado e procurar mais do que o mercado dispõe.

No entanto, mesmo com alta da demanda, ainda sobra imóveis guardados nos estoques (especificamente 3.012 empreendimentos em 2011 - o número é o menor desde 2000). Isso aconteceu porque, nesta lista, estão inclusos imóveis menos procurados pelos consumidores e, também, porque algumas construtoras preferem vender os apartamentos somente quando já estão construídos para lucrar mais.

 

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247