"Faltou esforço" no reajuste dos servidores

O líder da minoria na Câmara Municipal, vereador Luiz Carlos Suíca, não ficou satisfeito com o projeto de reajuste dos servidores da prefeitura aprovado no Legislativo; ele avalia que "faltou esforço" por parte da prefeitura para que todos os trabalhadores fossem atendidos; "Na realidade só não teve acordo por falta de esforço do secretário de Gestão de Salvador, Alexandre Pauperio. Votaria a parte na qual os servidores e determinados sindicatos já aprovaram e os descontentes iniciariam um diálogo com a prefeitura para as mudanças necessárias, sem ninguém sair perdendo. Debateriam separadamente sem prejuízos para os agentes de endemias", disse Suíca

O líder da minoria na Câmara Municipal, vereador Luiz Carlos Suíca, não ficou satisfeito com o projeto de reajuste dos servidores da prefeitura aprovado no Legislativo; ele avalia que "faltou esforço" por parte da prefeitura para que todos os trabalhadores fossem atendidos; "Na realidade só não teve acordo por falta de esforço do secretário de Gestão de Salvador, Alexandre Pauperio. Votaria a parte na qual os servidores e determinados sindicatos já aprovaram e os descontentes iniciariam um diálogo com a prefeitura para as mudanças necessárias, sem ninguém sair perdendo. Debateriam separadamente sem prejuízos para os agentes de endemias", disse Suíca
O líder da minoria na Câmara Municipal, vereador Luiz Carlos Suíca, não ficou satisfeito com o projeto de reajuste dos servidores da prefeitura aprovado no Legislativo; ele avalia que "faltou esforço" por parte da prefeitura para que todos os trabalhadores fossem atendidos; "Na realidade só não teve acordo por falta de esforço do secretário de Gestão de Salvador, Alexandre Pauperio. Votaria a parte na qual os servidores e determinados sindicatos já aprovaram e os descontentes iniciariam um diálogo com a prefeitura para as mudanças necessárias, sem ninguém sair perdendo. Debateriam separadamente sem prejuízos para os agentes de endemias", disse Suíca (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Bahia 247 - O líder da minoria na Câmara Municipal de Salvador, vereador Luiz Carlos Suíca, do PT, não ficou satisfeito com o projeto de reajuste dos servidores da prefeitura aprovado na sessão de terça-feira (18) no Legislativo soteropolitano. O petista apontou como "solução" fragmentar o projeto, mas diz que "faltou esforço a mais da gestão da prefeitura".

De acordo com o vereador, o próprio Sindicato dos Agentes Comunitários de Saúde (Sindacs) se comprometeu em acabar com a greve para retomar as negociações.

"Na realidade só não teve acordo por falta de esforço do secretário de Gestão de Salvador, Alexandre Pauperio. Votaria a parte na qual os servidores e determinados sindicatos já aprovaram e os descontentes iniciariam um diálogo com a prefeitura para as mudanças necessárias, sem ninguém sair perdendo. Debateriam separadamente sem prejuízos para os agentes de endemias", disse Suíca.

O vereador afirma que "a questão é polêmica e muito delicada, porque está dividindo os servidores".

"Desmembrar seria a melhor solução, assim as categorias que não estão satisfeitas com o acordo são retiradas do projeto e só vota as que já fecharam o acordo". O reajuste de 6,5% retroativo a maio foi aprovado na Câmara nesta terça sob protesto dos agentes comunitários de saúde e endemias.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email