Feriado santo violento nas estradas mineiras

Concentrando a maior malha rodoviária do país, Minas já registra 12 mortes neste feriado prolongado de Semana Santa; os acidente ocorreram nas rodovias federais consideradas mais "críticas" pela Polícia Rodoviária Federal; segundo a PRF, batidas ocorreram pela alta velocidade, pistas molhadas e imprudência dos motoristas; o reforço na fiscalização ocorre até a meia noite de domingo 31

Feriado santo violento nas estradas mineiras
Feriado santo violento nas estradas mineiras
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Minas 247 - O feriado prolongado de Semana Santa está na metade e pelo menos 12 pessoas já morreram em acidentes em rodovias federais que cortam Minas. Segundo dados da Policia Rodoviária Federal, os acidentes ocorreram por conta da alta velocidade, das pistas molhadas e da imprudência dos motoristas. 

Dois carros de passeio e uma carreta colidiram na BR 040, na altura de Ewbank da Câmara, na Zona da Mata. Outro acidente ocorreu na BR 262, perto de Nova Serrana, no centro-oeste do estado. Um carro e uma carreta bateram de frente, matando duas pessoas na hora e outra vítima ao chegar ao hospital.

Em Três Marias, um veículo invadiu a pista contrária depois de rodar na via. O carro acabou atingindo uma carreta e os cinco ocupantes do veículo morreram na hora. Outro acidente ocorreu no KM 251 na BR 381, em João Monlevade. Duas pessoas ficaram gravemente feridas e foram levadas para o hospital. 

A PRF aumentou o efetivo nas ruas, e reforçou a fiscalização nas BRs 040, 135, 262, 381, locais considerados críticos, por concentrarem os trechos que mais ocorrerem acidentes diariamente.

A Operação Semana Santa tem o objetivo de reduzir os índices registrados no ano passado, quando 120 pessoas morreram em acidentes graves em todo o país. Os agentes da PRF permanecem nas ruas até a meia noite de domingo 31.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email