Fernando Collor: “diretor de revista semanal coabitava com criminoso”

Senador alagoano diz que CPI tem que respeitar segredo de Justia, mas faz primeiro disparo contra a imprensa; Paulo Teixeira cita o 247 e diz que inqurito j vazou

Fernando Collor: “diretor de revista semanal coabitava com criminoso”
Fernando Collor: “diretor de revista semanal coabitava com criminoso” (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – No primeiro dia da CPI do Cachoeira, o senador Fernando Collor tem sido um dos parlamentares mais ativos. Em suas falas e apartes, tem lutado para fazer com que a CPI cumpra a determinação judicial e proteja o segredo de Justiça do inquérito enviado pelo Supremo Tribunal Federal ao Congresso. “Do contrário, estaríamos conspirando contra o Estado de Direito”, disse o senador.

Collor, no entanto, foi o primeiro a criticar, ainda que veladamente, a imprensa. “Como jornalista, nunca vi um diretor de uma revista semanal coabitar durante tanto tempo com um contraventor”, disse ele. Embora não tenha citado nomes, o ex-presidente aparentemente se referiu a Policarpo Júnior, da revista Veja.

Em seguida, o deputado Paulo Teixeira (PT/SP) falou sobre a impossibilidade de preservar o sigilo. “O inquérito já está em dois endereços eletrônicos: Brasil 247 e Lei dos Homens”, disse ele.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247