Filha de Prestes critica Lula e Eduardo Campos

"O governador Eduardo Campos (PSB) é um político burguês”. A declaração é da filha de Luiz Carlos Prestes com Olga Benário, Anita Leocácia; para a professora de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), os “novos” políticos tidos como esquerdistas estão mais preocupados em alavancar o lucro do capital financeiro do que com reformas populares. O ex-presidente Lula (PT) também não escapou das críticas; “Com Lula o povo se acostumou a receber migalhas”

Filha de Prestes critica Lula e Eduardo Campos
Filha de Prestes critica Lula e Eduardo Campos
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Leonardo Lucena_PE247 – “O governador Eduardo Campos (PSB) é um político burguês”. A declaração é da filha de Luiz Carlos Prestes com Olga Benário, Anita Leocácia. Em meio à provável candidatura do chefe do Executivo estadual e ao fato dele ser tido como uma nova liderança em ascensão na política brasileira, a professora de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), afirma que os “novos” políticos tidos como esquerdistas estão mais preocupados em alavancar o lucro do capital financeiro do que com reformas populares. O ex-presidente Lula (PT) também não escapou das críticas de Anita, que ironizou a gestão do petista. Segundo ela, “com Lula o povo se acostumou a receber migalhas”.

“O governador Eduardo Campos (PSB) é mais um político burguês. Ele está fazendo de tudo para ser candidato e presidente do Brasil. Não tem nenhum interesse com reformas populares ou movimentos sociais. É mais um candidato, como todos”, disparou a docente em coletiva de Imprensa no Recife, onde lança o livro “Luiz Carlos Prestes – O combate por um partido revolucionário (1958-1990).

“Não vejo uma mudança a curto prazo para a política do país. Os movimentos sociais ainda são muito débeis. Gosto, particularmente, da atuação do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), mas ele ainda não conquistou o apoio das classes urbanas”, acrescentou.

Aclamado pela maioria da população brasileira por ter tido um governo marcado pela transferência de renda aos mais pobres, o ex-presidente Lula também foi alvo das críticas da historiadora. “Ele se candidatou três vezes e viu que nunca ia conseguir governar sem o apoio das classes dominantes. Então fez toda aquela mudança de marketing que a gente conhece. O amigo dele (o ex-ministro José Dirceu, condenado no escândalo do mensalão) vivia em Washington (EUA) durante a campanha em que ele saiu vitorioso. Com Lula, o trabalhador se acostumou a receber migalhas”, declarou.

LUIZ CARLOS PRESTES (1898-1990) – Diante das versões de que Prestes havia apoiado o ex-presidente Getúlio Vargas (1930-45 e 51-54), a historiadora fez questão de ressaltar que o seu pai nunca apoiou o governante. “Meu pai nunca concordou com Getúlio politicamente. Ele apenas previa que o fascismo ia cair e viu Getúlio se aproximar das forças democráticas. Tanto é assim que depois do fim da 2º Guerra Mundial, Getúlio caiu, mas autorizou o funcionamento do Partido Comunista (PCB)”, disse.  

Por sua vez, Getúlio resolveu deportar, em 1936, a militante de esquerda, Olga Benário, de origem judaica, para um campo de concentração nazista na Alemanha, seu país de origem, onde foi presa e morta em 1942. A comunista atuou junto com seu marido, Prestes, na Intentona Comunista ou Revolta Vermelha de 35, ocorrida em novembro de 1935 e que tinha como objetivo derrubar o presidente Vargas. A tentativa de golpe contra Getúlio terminou abrindo caminho para que o presidente ampliasse os seus próprios poderes para a instalação do Estado Novo, ditadura que duraria de 1937 a 1945.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email