Final da Liga dos Campeões de 2018 será realizada em Kiev

Estádio olímpico de Kiev irá receber a final da Liga dos Campeões de 2018, na primeira final da competição dos principais clubes europeus na Ucrânia; estádio com capacidade para 70 mil pessoas, que sediou a final da Euro 2012, foi escolhido em encontro do comitê executivo da Uefa em Atenas; "Iremos fazer tudo que for possível para que esta final seja exemplar", disse o presidente da federação de futebol da Ucrânia, Andriy Pavelko

Estádio olímpico de Kiev irá receber a final da Liga dos Campeões de 2018, na primeira final da competição dos principais clubes europeus na Ucrânia; estádio com capacidade para 70 mil pessoas, que sediou a final da Euro 2012, foi escolhido em encontro do comitê executivo da Uefa em Atenas; "Iremos fazer tudo que for possível para que esta final seja exemplar", disse o presidente da federação de futebol da Ucrânia, Andriy Pavelko
Estádio olímpico de Kiev irá receber a final da Liga dos Campeões de 2018, na primeira final da competição dos principais clubes europeus na Ucrânia; estádio com capacidade para 70 mil pessoas, que sediou a final da Euro 2012, foi escolhido em encontro do comitê executivo da Uefa em Atenas; "Iremos fazer tudo que for possível para que esta final seja exemplar", disse o presidente da federação de futebol da Ucrânia, Andriy Pavelko (Foto: Paulo Emílio)

Reuters - O estádio olímpico de Kiev irá receber a final da Liga dos Campeões de 2018, na primeira final da competição dos principais clubes europeus na Ucrânia, informou a Uefa nesta quinta-feira.

O estádio com capacidade para 70 mil pessoas, que sediou a final da Euro 2012, foi escolhido em encontro do comitê executivo da Uefa em Atenas.

"Este é um evento incrível que irá marcar a história do país", disse o presidente da federação de futebol da Ucrânia, Andriy Pavelko. "Iremos fazer tudo que for possível para que esta final seja exemplar."

A Uefa também confirmou que Theodore Theodoridis será efetivado como secretário-geral, após seu primeiro encontro sob comando do novo presidente da organização, Aleksander Ceferin, eleito na quarta-feira.

Theodoridis, responsável por atividades cotidianas da federação, assumiu como secretário-geral interino em março para substituir Gianni Infantino, eleito presidente da Fifa.

A Uefa adiou a decisão do local da final da Liga Europa 2018.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247