Firmado acordo para desocupação da Lanceiros Negros Vivem

Governo estadual e a Brigada Militar, com a mediação de oficiais de justiça, alinhavaram acordo com representantes do MLB para a desocupação pacífica da Ocupação Lanceiros Negros Vivem; a ocupação persiste desde o início de julho no antigo prédio do Hotel Açores, na Rua dos Andradas; segundo o MLB, o acordo é de que todos serão cadastrados pela Fasc para que recebam aluguel social da Prefeitura por um período de 6 meses

Governo estadual e a Brigada Militar, com a mediação de oficiais de justiça, alinhavaram acordo com representantes do MLB para a desocupação pacífica da Ocupação Lanceiros Negros Vivem; a ocupação persiste desde o início de julho no antigo prédio do Hotel Açores, na Rua dos Andradas; segundo o MLB, o acordo é de que todos serão cadastrados pela Fasc para que recebam aluguel social da Prefeitura por um período de 6 meses
Governo estadual e a Brigada Militar, com a mediação de oficiais de justiça, alinhavaram acordo com representantes do MLB para a desocupação pacífica da Ocupação Lanceiros Negros Vivem; a ocupação persiste desde o início de julho no antigo prédio do Hotel Açores, na Rua dos Andradas; segundo o MLB, o acordo é de que todos serão cadastrados pela Fasc para que recebam aluguel social da Prefeitura por um período de 6 meses (Foto: Leonardo Lucena)

Sul 21 - No final da manhã desta quinta-feira (24), o Governo do Estado do RS e a Brigada Militar, com a mediação de oficiais de justiça, alinhavaram acordo com representantes do MLB para a desocupação pacífica da Ocupação Lanceiros Negros Vivem. A ocupação persiste desde o início de julho no antigo prédio do Hotel Açores, na Rua dos Andradas.

Após 4h de uma negociação que tb envolveu representantes da Fasc, Defensoria Pública, Comissão de Direitos Humanos da AL chegou-se a um acordo. Diferentemente do último dia 14 de junho, o governo esteve representado por seu líder na Assembleia Legislativa Gabriel Souza, que ajudou a encontrar uma solução para o impasse.

Segundo o MLB, o acordo é de que todos serão cadastrados pela Fasc para que recebam aluguel social da Prefeitura por um período de 6 meses. Representantes do movimento irão visitar em breve um espaço que pertence a BM junto ao Centro Vida e que que servirá de abrigo temporário para as famílias até que recebam o aluguel social.

Posteriormente, ainda pelo acordo, será montada uma mesa de negociações entre representantes do MLB e do poder público para que seja encontrada uma solução definitiva para as famílias. Esta pode incluir unidades habitacionais do Minha Casa Minha Vida ou a cessão de terremos para a construção de moradias por parte das famílias.

O processo burocrático do aluguel social demora algumas semanas. Então, enquanto isso, as famílias ficarão em um abrigo temporário durante este período.

No final da manhã, duas comissões da Lanceiros saíram para vistoriar o Centro Vida e um condomínio na Restinga onde haveria casas ora desocupadas. Também foi firmada uma comissão de todas as partes envolvidas na negociação para garantir o cumprimento do acordo.

“Acabou acontecendo uma negociação que foi negada pela Justiça”, afirmou Camila Menoncin, advogada da Ocupação Lanceiros Negros Vivem.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247