Flamengo empata e pede desculpas à torcida

Equipe rubro-negra fica no 3 a 3 com o Internacional e reconhece frustração da torcida; Ibson foi o primeiro a falar em trabalho dobrado para a próxima partida

Flamengo empata e pede desculpas à torcida
Flamengo empata e pede desculpas à torcida (Foto: Frame/Folhapress)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 com site oficial do Flamengo - Depois de empatar com o Sport e amargar um magro ponto no primeiro jogo do Campeonato Brasileiro, outro empate neste sábado, no Engenhão, contra o Internacional. E com sabor de derrota. Sem dúvida foi com esse sentimento que todo rubro-negro deixou o campo após o resultado. Diante do Internacional, o Flamengo chegou a ter uma boa vantagem no placar, mas cedeu espaço e o resultado da disputa. Por isso, os jogadores pediram desculpas para a torcida e prometeram trabalhar firme para buscar melhores resultados nas próximas rodadas.

Estreante da noite, Ibson falou pouco, mas suas palavras traduziram o sentimento de um rubro-negro nato, que ficou abalado com o resultado.

"Só temos que pedir desculpas aos torcedores, principalmente para aqueles que vieram aqui hoje (sábado). Sabemos que o resultado não foi bom e precisamos trabalhar dobrado agora. Temos que fazer melhores jogos para conseguir a primeira vitória", afirmou. O camisa 7 era o mais animado no último treino.

Renato, que também tem uma grande identificação com a torcida, entrou no segundo tempo, mas não conseguiu ajudar o Flamengo a sair com a vitória. Com isso, no apito final, ouviu vaias junto com todo o time. E não reprova a atitude da torcida.

"As vaias são válidas. A torcida esteve ao nosso lado, apoiou durante todo o jogo e não ficou nem um pouco satisfeita com o resultado. A gente sabe o quanto é ruim empatar em casa. Na primeira rodada eu nem digo, pois foi em Recife. A obrigação de vencer passou a ser maior agora. Temos que buscar três pontos contra a Ponte e, depois, vencer dentro de casa", finalizou Renato.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247