Foliões enterram o golpe: Impítiman é meu zovo

Fotógrafo Carlos Medeiros explica como a expressão 'Impítiman é meu zovo' nasceu no Ceará, invadiu a tela da Globo e se espalhou pelo Brasil; "meu zovo é uma expressão corriqueira aqui no Ceará", diz ele; "a gente fala isso quando alguma coisa não tem credibilidade, não vai acontecer"; segundo ele, a frase consagrada no Carnaval é a reação ao golpe midiático; "Se tiverem coragem de sair as ruas pedindo impeachment, o contragolpe é todo mundo na rua com o cartaz impítiman é meu zovo", diz ele; frase gerou centenas de memes na internet

www.brasil247.com - Fotógrafo Carlos Medeiros explica como a expressão 'Impítiman é meu zovo' nasceu no Ceará, invadiu a tela da Globo e se espalhou pelo Brasil; "meu zovo é uma expressão corriqueira aqui no Ceará", diz ele; "a gente fala isso quando alguma coisa não tem credibilidade, não vai acontecer"; segundo ele, a frase consagrada no Carnaval é a reação ao golpe midiático; "Se tiverem coragem de sair as ruas pedindo impeachment, o contragolpe é todo mundo na rua com o cartaz impítiman é meu zovo", diz ele; frase gerou centenas de memes na internet
Fotógrafo Carlos Medeiros explica como a expressão 'Impítiman é meu zovo' nasceu no Ceará, invadiu a tela da Globo e se espalhou pelo Brasil; "meu zovo é uma expressão corriqueira aqui no Ceará", diz ele; "a gente fala isso quando alguma coisa não tem credibilidade, não vai acontecer"; segundo ele, a frase consagrada no Carnaval é a reação ao golpe midiático; "Se tiverem coragem de sair as ruas pedindo impeachment, o contragolpe é todo mundo na rua com o cartaz impítiman é meu zovo", diz ele; frase gerou centenas de memes na internet (Foto: Leonardo Attuch)


Ceará 247 - A irreverência do brasileiro solapou o movimento golpista que começou há duas semanas, quando o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso lançou, em artigo, o movimento pró-impeachment da presidente Dilma Rousseff, com direito a parecer do jurista Ives Gandra Martins.

Veio do Ceará a resposta mais adequada a esse movimento, com a frase 'Impítiman é meu zovo'. Um cartaz com essa expressão invadiu uma reportagem da TV Globo e quem a explica é o fotógrafo cearense Carlos Medeiros.

"Meu zovo é uma expressão corriqueira aqui no Ceará", diz ele. "A gente fala isso quando alguma coisa não tem credibilidade, não vai acontecer".

Segundo Medeiros, a frase consagrada no Carnaval é a reação ao golpe midiático, liderado por veículos como a Globo. "Se tiverem coragem de sair as ruas pedindo impeachment, o contragolpe é todo mundo na rua com o cartaz impítiman é meu zovo", diz ele.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A frase gerou centenas de memes na internet. Assista, aqui, ao vídeo preparado por Carlos Medeiros para explicar um pouco do cearês.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email