Fontana divulga diálogo com repórter da Folha em que nega saída do PT

Deputado divulgou um breve diálogo pelo Whatsapp entre ele e uma jornalista da Folha de S. Paulo em que ele nega sua saída do PT; a reportagem do jornal, assinada por Catia Seabra, fala em um "desembarque coletivo" de deputados do partido; segundo Henrique Fontana (PT-RS), a matéria "foi montada e mentirosa"; "Diante do exposto, informo que vou requerer junto à direção da Folha de São Paulo o direito de resposta que a lei me faculta para recolocar a verdade. Informo ainda que processarei a jornalista, que de maneira antiética distorceu e manipulou conteúdo refutando a mim opiniões que não expressei", anunciou

Deputado divulgou um breve diálogo pelo Whatsapp entre ele e uma jornalista da Folha de S. Paulo em que ele nega sua saída do PT; a reportagem do jornal, assinada por Catia Seabra, fala em um "desembarque coletivo" de deputados do partido; segundo Henrique Fontana (PT-RS), a matéria "foi montada e mentirosa"; "Diante do exposto, informo que vou requerer junto à direção da Folha de São Paulo o direito de resposta que a lei me faculta para recolocar a verdade. Informo ainda que processarei a jornalista, que de maneira antiética distorceu e manipulou conteúdo refutando a mim opiniões que não expressei", anunciou
Deputado divulgou um breve diálogo pelo Whatsapp entre ele e uma jornalista da Folha de S. Paulo em que ele nega sua saída do PT; a reportagem do jornal, assinada por Catia Seabra, fala em um "desembarque coletivo" de deputados do partido; segundo Henrique Fontana (PT-RS), a matéria "foi montada e mentirosa"; "Diante do exposto, informo que vou requerer junto à direção da Folha de São Paulo o direito de resposta que a lei me faculta para recolocar a verdade. Informo ainda que processarei a jornalista, que de maneira antiética distorceu e manipulou conteúdo refutando a mim opiniões que não expressei", anunciou (Foto: Leonardo Lucena)

Rio Grande do Sul 247 - O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS) divulgou um breve diálogo, que aconteceu no Whatsap, entre ele uma repórter do jornal Folha de S. Paulo. Na conversa o parlamentar nega uma possível saída do Partido dos Trabalhadores.

- Oi, tudo bem. Telefonei para perguntar sobre sua permanência no PT. Disseram-me que concordou em adiar a desfiliação para depois das eleições municipais. Mas que tinha revisto a posição - disse jornalista Catia Seabra.

O parlamentar respondeu: - "quem tu és? Não há nenhuma procedência nesta informação". 

Catia Seabra: - O sr não reviu? Nunca pensou em sair? Nunca concordou em adiar? São 3 perguntas em uma. Me fala depois.

Henrique Fontana: - não, estou filiado ao PT há 27 anos e desautorizo qualquer especulação em meu nome.

Catia Seabra: - por isso que te procuro, ora.

Em nota, o deputado afirmou que, na matéria intitulada 'Deputados do PT cogitam fazer desfiliação coletiva', "a jornalista Catia Seabra manipulou grosseiramente a verdade".

"Em uma matéria montada e mentirosa, demonstrando toda sua falta de caráter, evidentemente, busca dar sua contribuição ao ambiente golpista no país, visando passar para opinião pública a ideia de divisão dos deputados que são contrários ao golpe. Reafirmo que estamos firmes e unificados na luta contra o golpe do impeachment em andamento na Câmara dos Deputados", diz o texto do parlamentar.

"Diante do exposto, informo que vou requerer junto à direção da Folha de São Paulo o direito de resposta que a lei me faculta para recolocar a verdade. Informo ainda que processarei a jornalista, que de maneira antiética distorceu e manipulou conteúdo refutando a mim opiniões que não expressei".

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247