Força Nacional ajudará na elucidação de homicídios

Homens do grupo especial vão ser enviados a Goiânia e vão ficar na cidade por 90 dias para auxiliar na investigação de crimes praticados até 2008; pedido foi feito pelo governo goiano ao Ministério da Justiça em fevereiro deste ano. Há hoje no Estado 2.950 inquéritos de homicídio em aberto. Polícia Civil é totalmente contra ajuda da Força Nacional e cria atrito com Secretaria de Segurança Pública

Força Nacional ajudará na elucidação de homicídios
Força Nacional ajudará na elucidação de homicídios

Goiás 247_ A Força Nacional enviará homens a Goiânia para ajudar a Polícia Civil a elucidar crimes de homicídio praticados anteriormente a 2008. A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública na quinta-feira (4). 

A convocação feita pelo governo goiano ao Ministério da Justiça e atendida pelo ministro José Eduardo Cardozo foi realizada em fevereiro deste ano. Há hoje no Estado 2.950 inquéritos de homicídio em aberto (relativos ao período de 2008), que ainda precisam de elucidação.

Deste total, 464 ocorreram na capital Goiânia. A Força Nacional auxiliará na condução das investigações ao reforçar ações já tomadas pela Polícia Judiciária goiana e contar com todo aparato disponibilizado pelos serviços de inteligência.

A ação da Força Nacional terá duração de 90 dias, sendo prorrogáveis por igual período.

Polícia Civil é contra

A Polícia Civil já se manifestou contra a ajuda da Força Nacional. O presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Goiás (Sinpol-GO), Silveira Alves de Moura, vê a medida como um desrespeito aos agentes e cobra mais investimento do governo do Estado.

Silveira também afirma que o tempo de permanência da Força Nacional em Goiânia é insuficiente para que seja feito um trabalho que ajude a elucidar investigações.

Conheça a TV 247

Mais de Geral

Ao vivo na TV 247 Youtube 247