Força Nacional desembarca em Salvador

Os primeiros homens integrantes da Força Nacional desembarcaram no aeroporto de Salvador no final da tarde desta quarta-feira (16) para reforçar a segurança na capital e em algumas cidades do interior da Bahia durante o período de greve da Polícia Militar; cerca de seis mil homens das Forças Armadas já estão na Bahia, segundo o comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra Lima; outros 2.500 vão chegar ao estado nos próximos dias

Os primeiros homens integrantes da Força Nacional desembarcaram no aeroporto de Salvador no final da tarde desta quarta-feira (16) para reforçar a segurança na capital e em algumas cidades do interior da Bahia durante o período de greve da Polícia Militar; cerca de seis mil homens das Forças Armadas já estão na Bahia, segundo o comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra Lima; outros 2.500 vão chegar ao estado nos próximos dias
Os primeiros homens integrantes da Força Nacional desembarcaram no aeroporto de Salvador no final da tarde desta quarta-feira (16) para reforçar a segurança na capital e em algumas cidades do interior da Bahia durante o período de greve da Polícia Militar; cerca de seis mil homens das Forças Armadas já estão na Bahia, segundo o comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra Lima; outros 2.500 vão chegar ao estado nos próximos dias (Foto: Romulo Faro)

Bahia 247 - Os primeiros homens integrantes da Força Nacional desembarcaram no aeroporto de Salvador no final da tarde desta quarta-feira (16). Eles vão reforçar a segurança em Salvador e em algumas cidades do interior da Bahia durante o período de greve da Polícia Militar.

Cerca de seis mil homens das Forças Armadas já estão na Bahia, segundo o comandante da 6ª Região Militar, general Racine Bezerra Lima. Outros 2.500 vão chegar ao estado nos próximos dias.

Com a paralisação dos policiais militares baianos, o Governo do Estado solicitou apoio às tropas federais e a presidente assinou o decreto de Garantia da Lei e Ordem, autorizando o emprego das Forças Armadas na Bahia. Com isso, as tropas estão autorizadas a realizar patrulhas, vistorias e prisões em flagrante.

Ainda segundo o general Racine, a maior parte das tropas ficará em Salvador devido ao grande contigente populacional. Em coletiva de imprensa na tarde desta quarta, o governador Jaques Wagner garantiu que as equipes de apoio vão se descolar para qualquer cidade baiana que necessitar de ajuda.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247