Francisco Jr. critica tratamento da prefeitura aos informais

Entrevistado na Rádio CBN Goiânia na tarde de quarta-feira, dia 14, o candidato a prefeito de Goiânia pelo PSD, Francisco Júnior, criticou o tratamento da atual administração aos pequenos empresários informais; “Hoje esse cidadão que está tentando trabalhar é tratado no mesmo lugar, no mesmo órgão, pelos mesmos valores e princípios que o grande empresário. Isso não pode acontecer. Temos que equilibrar o olhar social com o estímulo aos empresários já estabelecidos, mas isso não significa que tenhamos que tratá-los da mesma forma”

Entrevistado na Rádio CBN Goiânia na tarde de quarta-feira, dia 14, o candidato a prefeito de Goiânia pelo PSD, Francisco Júnior, criticou o tratamento da atual administração aos pequenos empresários informais; “Hoje esse cidadão que está tentando trabalhar é tratado no mesmo lugar, no mesmo órgão, pelos mesmos valores e princípios que o grande empresário. Isso não pode acontecer. Temos que equilibrar o olhar social com o estímulo aos empresários já estabelecidos, mas isso não significa que tenhamos que tratá-los da mesma forma”
Entrevistado na Rádio CBN Goiânia na tarde de quarta-feira, dia 14, o candidato a prefeito de Goiânia pelo PSD, Francisco Júnior, criticou o tratamento da atual administração aos pequenos empresários informais; “Hoje esse cidadão que está tentando trabalhar é tratado no mesmo lugar, no mesmo órgão, pelos mesmos valores e princípios que o grande empresário. Isso não pode acontecer. Temos que equilibrar o olhar social com o estímulo aos empresários já estabelecidos, mas isso não significa que tenhamos que tratá-los da mesma forma” (Foto: José Barbacena)

Goiás 247 - Entrevistado na Rádio CBN Goiânia na tarde de quarta-feira, dia 14, o candidato a prefeito de Goiânia pelo PSD, Francisco Júnior, criticou o tratamento da atual administração aos pequenos empresários informais. “Hoje esse cidadão que está tentando trabalhar é tratado no mesmo lugar, no mesmo órgão, pelos mesmos valores e princípios que o grande empresário. Isso não pode acontecer. Temos que equilibrar o olhar social com o estímulo aos empresários já estabelecidos, mas isso não significa que tenhamos que tratá-los da mesma forma”, disse o candidato.

“O cidadão muitas vezes é despejado na situação de informalidade pelo desemprego, pela crise econômica, e só quer trabalhar. A prefeitura tem que respeitar essas formas de trabalho e ajudar essa pessoa a crescer. O nosso plano de governo prevê um grande programa de microcrédito e uma rede de qualificação que vai oferecer cursos, orientar e dar apoio”, afirmou Francisco.

Segundo ele a prefeitura precisa atualizar o Código Tributário Municipal e trazer para a formalidade um universo grande de empreendedores. “O nosso Código Tributário precisa ser atualizado porque não prevê profissões que existem hoje. Por exemplo, a cadeia do celular não é prevista. É normal termos um programador de aplicativos, vendas de peças, capinhas, concertos e daí por diante. Então temos que modernizar a legislação para gerar uma forma interessante de estímulo e uma forma de tributação que seja justa”.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247