Frigorífico em Cachoeira Alta é reaberto depois 5 anos

Agora sob administração do grupo paulista Rodopa Alimentos, planta industrial tem capacidade para 600 abates/dia e deve começa a produzir em março; empresa, que vai seguir orientação da Faeg de fazer pagamentos aos criadores à vista, já iniciou a contratação de novos funcionários

Frigorífico em Cachoeira Alta é reaberto depois 5 anos
Frigorífico em Cachoeira Alta é reaberto depois 5 anos
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Francila Calica, do sistema Faeg/Senar.

Foto: Jana Tomazelli

Após cinco anos fora de operação, as instalações do antigo FrigoAlta, no município de Cachoeira Alta (GO), voltará a operar sob nova direção. O grupo paulista Rodopa Alimentos anunciou na terça-feira (15) que em 60 dias a planta industrial voltará a abater bovinos.

Os diretores do grupo foram recebidos no município pelo prefeito, Kelson Vilarinho, pelo presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), José Mário Schreiner, pelo presidente do Sindicato Rural, Adeíres Marques e por Vilmar Rocha, deputado federal e secretário-chefe da Casa Civil e demais autoridades municipais e estaduais.

O grupo percorreu as instalações da unidade que, segundo o presidente da Rodopa, Sérgio Longo, terá de passar por uma ampla reforma. Durante a visita, as autoridades puderam constatar que a indústria já deu início à contratação de novos funcionários e começará a operar com uma capacidade de abate diária de 600 cabeças.

Segundo o prefeito de Cachoeira Alta, Kelson Vilarinho, os pecuaristas do município e região ficaram sem opções de escoamento da produção após o, então, FrigoAlta ter entrado em recuperação judicial. Muitos dos produtores clientes da unidade ainda não receberam pelos animais abatidos na época. "O município e os produtores tiveram um prejuízo grande e, sem terem onde abater, o prejuízo acabou se tornando maior. Precisávamos de investidores que aceitassem reabrir o frigorífico".

De acordo com o presidente do grupo, Sérgio Longo, a unidade foi arrematada pela Rodopa em leilão realizado pelos bancos que assumiram a recuperação judicial da indústria.

A compra faz parte de uma estratégia de ampliação de mercado da empresa no país. Hoje, o grupo com faturamento anual de cerca de R$ 1 bilhão e abate diário de 3,8 mil cabeças, é o quarto maior do segmento no Brasil.

Venda à vista

O diretor de Relação com Investidores e Pecuaristas da Rodopa, Gilberto Biojone, explica que, com a unidade de Goiás em operação, o grupo ampliará sua produção total, em todo o país, para seis mil abates diários.

Reiterou que o grupo opera somente com pagamento à vista aos fornecedores de matéria-prima. "Essa é a segurança que daremos aos produtores da região; a certeza do pagamento por seus animais. Isso faz parte de nosso programa de fidelização de clientes".

De acordo com o presidente do Sistema Faeg/Senar, José Mário Schreiner, a política de atuação da empresa, a princípio, vai ao encontro do que defende a entidade. José Mário relembra que na época em que houve a crise dos frigoríficos, a Faeg e as demais Federações de Agricultura do Centro-Oeste encamparam a campanha Venda à Vista, pelo pagamento no ato do fornecimento dos animais para abate.

Outro programa citado por José Mário foi o Prefeito Aliado do Progresso, que será lançado nesta quinta-feira (17), às 14h, no auditório do Sistema Faeg/Senar. Tem o objetivo de auxiliar as administrações municipais em seus planos de desenvolvimento, a partir da agropecuária. Para isso, o Sistema Faeg/Senar colocará à disposição dos prefeitos recém-eleitos toda a sua gama de programa e cursos, que vão desde a área de capacitação de mão de obra rural à ações de saúde e cidadania para a população rural carente.

Durante o encontro com os diretores da Rodopa, José Mário convidou-os a conhecer o Programa Pesebem e a instalar a balança do produtor na unidade reinaugurada.

Ao prefeito, José Mário reiterou o interesse da entidade em ter o município de Cachoeira Alta como parceiro do programa Prefeito Aliado do Progresso que será lançado e apresentado aos novos administradores municipais, nesta quinta-feira (17/01), às 14h, na sede da Faeg, em Goiânia.

Também participaram do encontro o deputado federal, Heuler Cruvinel; os deputados estaduais Frederico Nascimento e Henrique Arantes, também secretário estadual de Cidadania e Trabalho; a assessora especial do governo, Cilene Guimarães; os prefeitos de Caçu, Lagoa Santa e São Simão, Gilmar José Freitas Guimarães, Adevair Gonçalves de Macedo e demais autoridades municipais. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email