Funceme divulga hoje prognóstico de chuvas para março-abril-maio

A Funceme vai anunciar o prognóstico durante a reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos do Ceará (CONERH), agendada para a manhã de hoje   

A Funceme vai anunciar o prognóstico durante a reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos do Ceará (CONERH), agendada para a manhã de hoje 
 
A Funceme vai anunciar o prognóstico durante a reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos do Ceará (CONERH), agendada para a manhã de hoje    (Foto: Fatima 247)

Ceará 247 - A reunião do Conselho Estadual de Recursos Hídricos do Ceará (CONERH), agendada para a manhã desta terça-feira (21), terá a participação do presidente da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), que na ocasião fará a divulgação do prognóstico de chuvas para o trimestre março-abril-maio no Estado. A reunião acontecerá no auditório da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), na Rua Adualdo Batista, 1550 - Parque Iracema – Fortaleza.

O presidente da Funceme vai apresentar as probabilidades para cada uma das categoria (abaixo da média, em torno da média e acima da média) referentes ao acumulado de precipitações no trimestre em questão. A divulgação contará com a presença de todos os representantes dos órgãos membros do CONERH além de demais autoridades. O novo prognóstico também vai explicar a evolução das condições dos oceanos e da atmosfera em relação ao que foi analisado na previsão climática anterior, divulgada no dia 18 de janeiro.

Neste mês de fevereiro já foram registradas chuvas acima da média e a expectativa com a divulgação dos prognósticos é que a situação hídrica melhore. Em Canindé, por exemplo, o açude Sousa, que abastece a cidade já recebeu um volume de recarga de cerca de quatro metros e trinta centímetros, o que garante o abastecimento para este ano, segundo gestor do reservatório.

O Portal do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) que analisa o quadro para todo o Brasil, apresenta as probabilidades de chuva no Nordeste para o trimestre fevereiro, marco e abril. Segundo o INPE, pela "previsão climática sazonal por consenso para o trimestre fevereiro, março e abril de 2017 (FMA/2017) para o norte da Região Nordeste, a maioria dos indicadores climáticos globais e dos modelos continua apontando maior probabilidade das chuvas se situarem na categoria abaixo da faixa normal climatológica, com distribuição de probabilidade: 25%, 35% e 40% para as categorias acima, dentro e abaixo da faixa normal climatológica, respectivamente". 

Ainda segundo o INPE, considerando um cenário onde as chuvas ocorram entre a média histórica até 30% abaixo da média histórica, a situação hídrica na maioria dos reservatórios de abastecimento de água da Região Nordeste não atingirá recuperação significativa no decorrer do trimestre de FMA/2017 (parte principal da estação chuvosa do semiárido), com acentuado risco de esgotamento da água armazenada entre novembro de 2017 e janeiro de 2018 para os Estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraíba. Neste mesmo cenário, projeta-se impacto severo nas condições para agricultura e pecuária durante o período chuvoso principal, com predominância de áreas de seca severa no interior da região semiárida, principalmente no leste do Piauí, sul do Ceará, oeste de Pernambuco e centro-norte da Bahia. 

Esta previsão foi elaborada pelo Grupo de Trabalho em Previsão Climática Sazonal do MCTI, liderado pelo CEMADEN, INPE/CPTEC, INPE/CCST e INPA.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247