Gastão Néder e mais dois deixam a prisão

Secretário executivo da Secretaria de Saúde do Estado, José Gastão de Almada Néder, preso pela Polícia Federal na última terça-feira, 9, na operação Ponto Socorro, deixou a prisão nessa sexta-feira, 12; também foram soltos Rodolfo Alves dos Santos, membro da Comissão de Licitação da Sesau e Maria Lenice Freire de Abreu Costa, assessora jurídica da pasta; Gastão apresentou bens no valor da fiança de mais de R$1 milhão; Rodolfo Alves foi liberado após pagar fiança no valor de 50 salários mínimos; já Maria Lenice Freire teve a prisão preventiva revogada; continuam presos a ex-secretária de Saúde Vanda Paiva e o diretor do Departamento de Apoio à Gestão Hospitalar, Luiz Renato Pedrá Sá, que estava foragido e se apresentou à Polícia Federal na última quinta-feira, 11

Secretário executivo da Secretaria de Saúde do Estado, José Gastão de Almada Néder, preso pela Polícia Federal na última terça-feira, 9, na operação Ponto Socorro, deixou a prisão nessa sexta-feira, 12; também foram soltos Rodolfo Alves dos Santos, membro da Comissão de Licitação da Sesau e Maria Lenice Freire de Abreu Costa, assessora jurídica da pasta; Gastão apresentou bens no valor da fiança de mais de R$1 milhão; Rodolfo Alves foi liberado após pagar fiança no valor de 50 salários mínimos; já Maria Lenice Freire teve a prisão preventiva revogada; continuam presos a ex-secretária de Saúde Vanda Paiva e o diretor do Departamento de Apoio à Gestão Hospitalar, Luiz Renato Pedrá Sá, que estava foragido e se apresentou à Polícia Federal na última quinta-feira, 11
Secretário executivo da Secretaria de Saúde do Estado, José Gastão de Almada Néder, preso pela Polícia Federal na última terça-feira, 9, na operação Ponto Socorro, deixou a prisão nessa sexta-feira, 12; também foram soltos Rodolfo Alves dos Santos, membro da Comissão de Licitação da Sesau e Maria Lenice Freire de Abreu Costa, assessora jurídica da pasta; Gastão apresentou bens no valor da fiança de mais de R$1 milhão; Rodolfo Alves foi liberado após pagar fiança no valor de 50 salários mínimos; já Maria Lenice Freire teve a prisão preventiva revogada; continuam presos a ex-secretária de Saúde Vanda Paiva e o diretor do Departamento de Apoio à Gestão Hospitalar, Luiz Renato Pedrá Sá, que estava foragido e se apresentou à Polícia Federal na última quinta-feira, 11 (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Tocantins 247 - O secretário executivo da Secretaria de Saúde do Estado, José Gastão de Almada Néder, preso pela Polícia Federal na última terça-feira, 9, na operação Ponto Socorro, deixou a prisão nessa sexta-feira, 12.

Também foram soltos Rodolfo Alves dos Santos, membro da Comissão de Licitação da Sesau e Maria Lenice Freire de Abreu Costa, assessora jurídica da pasta.

Dos seis presos pela Operação Pronto Socorro, continuam presos a ex-secretária de Saúde Vanda Paiva e o diretor do Departamento de Apoio à Gestão Hospitalar, Luiz Renato Pedrá Sá, que estava foragido e se apresentou à Polícia Federal na última quinta-feira, 11. Os dois estão detidos no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Palmas.

Gastão Néder foi solto ontem após apresentar bens no valor da fiança de mais de R$1 milhão. Segundo a Justiça Federal, Gastão deu um imóvel como garantia do pagamento da fiança e foi liberado.

Já Rodolfo Alves foi liberado após pagar fiança no valor de 50 salários mínimos, cerca de R$ 36 mil. No caso de Maria Lenice Freire, sua prisão preventiva foi revogada. Com a revogação da prisão, ela não teve que pagar fiança, que estava arbitrada em 100 salários mínimos.

 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247