Geddel ganha força para 2014

As costuras internas seguem a todo vapor para definir a possível chapa única das oposições para a disputa pelo governo do estado em outubro de 2014; e o nome mais cotado é o do vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa, o ex-ministro Geddel Vieira Lima; além do casamento com o DEM do prefeito ACM Neto, ele pode ter consigo PSDB, PPS, PV e PSC

Geddel ganha força para 2014
Geddel ganha força para 2014 (Foto: CELSO JUNIOR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Romulo Faro - Bahia 247

Findado o processo eleitoral que escolheu o novo prefeito de Salvador, ACM Neto, do DEM, os caciques da política baiana se voltam para a disputa que vai definir o sucessor do governador Jaques Wagner (PT).

E, embora eles próprios digam que ainda é cedo, as costuras internas seguem a todo vapor. Nas pesquisas de sondagem (apesar de precoces), o nome de ACM Neto tem sido o mais lembrado. Mas ele nega veementemente a possibilidade de entrar no pleito.

Em sendo assim, no rol das oposições não dá outra. O nome mais cotado é o do vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, que disputou em 2010 contra Jaques Wagner, que saiu reeleito.

O apoio do DEM é 'garantido' desde a aliança municipal no segundo turno, na qual Geddel e o PMDB se engajaram na eleição de ACM Neto.

Além de Salvador, o peemedebista terá o importante apoio da base de Feira de Santana, segundo maior colégio eleitoral da Bahia, onde o também democrata José Ronaldo se elegeu em outubro último.

Além do DEM, Geddel deverá ter consigo o PSDB, que marchou com ACM e também é linha de frente na gestão municipal.

Mas toda a articulação é feita com cautela pelos protagonistas. Em contato com o Bahia 247, o presidente do PMDB na Bahia e irmão de Geddel, deputado Lúcio Vieira Lima, disse que ainda é cedo, mas admitiu a aproximação com o DEM e a probabilidade de conseguir o apoio dos tucanos.

Na seara das especulações, são cogitados ainda PPS, PSC e PV numa possível chapa encabeçada pelo ex-ministro Geddel.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email