Gênesis: Operação combate pornografia infantil

Batizada de "Gênesis" – que na mitologia grega significa“nascimento, princípio” – a Polícia Federal realizou uma operação de combate à pornografia infanto-juvenil em Alagoas e em outros sete estados; investigações tiveram início há quase um ano, por meio de um trabalho de inteligência que identificou contas de usuários que utilizam as redes sociais, serviços de e-mails e de armazenamento de arquivos para distribuir fotos e vídeos de material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes

policia federal
policia federal (Foto: Voney Malta)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Alagoas247 - A Polícia Federal (PF) cumpriu, nesta quinta-feira (22), sete mandados de busca e apreensão em Alagoas numa operação de combate à pornografia infanto-juvenil. Batizada de "Gênesis", a operação apreendeu computadores, smartphones e tablets com imagens de pedofilia e sexo explícito envolvendo crianças.

Conforme a assessoria da PF, um adolescente de 16 anos foi apreendido e levado até a superintendência do órgão no estado, no bairro de Jaraguá, em Maceió, para prestar depoimento e deve ser conduzido em seguida para a Delegacia de Menores.

Durante a operação, foram encontradas fotografias e vídeos que contêm cenas de sexo explícito ou pornografia envolvendo crianças. O material deverá ser periciado e os envolvidos podem pegar penas que variam de um a quatro anos de reclusão.

A operação aconteceu em Alagoas e mais sete estados: Rio Grande do Norte, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Pernambuco e Roraima. 

As investigações tiveram início há quase um ano, por meio de um trabalho de inteligência que identificou contas de usuários que utilizam as redes sociais, serviços de e-mails e de armazenamento de arquivos para distribuir fotos e vídeos de material pornográfico envolvendo crianças e adolescentes.

O nome Gênesis significa na mitologia grega “nascimento, princípio”. Neste contexto, a PF explica que a operação usou este nome por buscar resguardar os direitos dos cidadãos desde a sua infância combatendo crimes tipificados no Estatuto da Criança e do Adolescente.

Com gazetaweb.com e assessoria

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247