Gesto solidário do governador com deficiente é destacado nas redes sociais

O governador Camilo Santana lançou, na última sexta-feira (28), em solenidade no Palácio da Abolição, o passe livre para pessoas com deficiência e hemofilia, no sistema de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros. Durante a solenidade, o governador fez um gesto que chamou a atenção de um dos presentes que fez questão de divulgar, nas redes sociais, a atitude solidária de Camilo com um rapaz com paralisia cerebral 

O governador Camilo Santana lançou, na última sexta-feira (28), em solenidade no Palácio da Abolição, o passe livre para pessoas com deficiência e hemofilia, no sistema de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros. Durante a solenidade, o governador fez um gesto que chamou a atenção de um dos presentes que fez questão de divulgar, nas redes sociais, a atitude solidária de Camilo com um rapaz com paralisia cerebral 
O governador Camilo Santana lançou, na última sexta-feira (28), em solenidade no Palácio da Abolição, o passe livre para pessoas com deficiência e hemofilia, no sistema de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros. Durante a solenidade, o governador fez um gesto que chamou a atenção de um dos presentes que fez questão de divulgar, nas redes sociais, a atitude solidária de Camilo com um rapaz com paralisia cerebral  (Foto: Fatima 247)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Ceará 247 - O governador Camilo Santana lançou, na última sexta-feira (28), em solenidade no Palácio da Abolição, o passe livre para pessoas com deficiência e hemofilia, comprovadamente carentes, nos ônibus e vans que integram o sistema de transporte rodoviário intermunicipal de passageiros, inclusive a região metropolitana de Fortaleza.

Durante a solenidade, o governador teve um gesto solidário que chamou a atenção de um dos presentes. O gesto do governador mereceu uma postagem nas redes sociais. Segundo o coordenador municipal da Pessoa com Deficiência da Prefeitura de Fortaleza e
membro do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência do Ceará (CEDEF), Emerson Damasceno, enquanto dezenas de pessoas se empurravam para assistir ao evento, em sua maioria pessoas com deficiência, entre elas um rapaz com paralisia cerebral que se esforçava para permanecer em pé na primeira fila, o governador "levantou-se discretamente e levou a própria cadeira até ele, para que ele se sentasse".

Em sua página no Facebook, Emerson Damasceno fez questão de saudar a atitude solidária do governador.

Confira a postagem: 

Em uma cerimônia recente, com pessoas com deficiência, enquanto dezenas de pessoas se empurravam para assistir ao evento, em sua maioria pessoas com deficiência, havia algumas delas em pé, por falta de cadeiras.
Uma delas era um rapaz com paralisia cerebral que se esforçava para permanecer em pé, ali na primeira fila, enquanto observava o palco repleto de autoridades. O rapaz não parava de rir, apesar do esforço nem cansava da sua alegria de estar ali. Atrás dele a sua mãe se esforçava para ajuda-lo a ficar em pé,
Uma dessas autoridades, enquanto outra discursava, percebendo o esforço do rapaz, levantou-se discretamente e levou a própria cadeira até ele, para que ele se sentasse.
Ninguém da imprensa registrou a cena, porque todos os fotógrafos e câmeras estavam com o orador que estava ao microfone naquele momento.
Momentos assim dizem muito de uma pessoa. A pessoa que fez isso foi o Governador Camilo Santana. Prometi para mim que iria postar isso depois, eu estava no palco próximo a ele e fui um dos que testemunhou isso. A ele fica o reconhecimento pelo gesto humanista, não é todo mundo que tem esse olhar.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247