Goiás se prepara para receber a Tocha Olímpica

Tocha Olímpica começa revezamento em solo goiano na quarta-feira pelas cidades de Corumbá de Goiás, Pirenópolis e Anápolis; chegada a Goiânia será na quinta-feira, às 17 horas; depois de percorrer 20 km na capital, o símbolo maior das Olimpíadas será levado para a Praça Cívica, onde, por volta das 21 horas, haverá um show do Jota Quest, oferecido pelo Governo de Goiás e aberto ao público

27 de Abril de 2016 - Cerimônia de entrega da chama olímpica no estádio Panatenaiko em Atenas Foto: Roberto Castro/ME
27 de Abril de 2016 - Cerimônia de entrega da chama olímpica no estádio Panatenaiko em Atenas Foto: Roberto Castro/ME (Foto: José Barbacena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Goiás 247 - A Tocha Olímpica desembarca em solo goiano nesta terça-feira, dia 3, em Corumbá de Goiás. A chegada a Goiânia será nesta quinta-feira, dia 7, às 17 horas. Depois de percorrer 20 km na capital, o símbolo maior das Olimpíadas será levado para a Praça Cívica, onde, por volta das 21 horas, haverá um show do Jota Quest, oferecido pelo Governo de Goiás e aberto ao público.

A expectativa é que atletas goianos patrocinados pelo Pró-Atleta e Pró-Esporte – programas de incentivo da Seduce – participem do momento histórico. Também revezam a Tocha Olímpica pelo menos 27 alunos da rede pública estadual. Os estudantes participaram de um concurso de redação sobre os jogos e cada um dos selecionados poderá caminhar 200 metros carregando a pira.

A tocha foi acesa na Grécia. Brasília espera o seu desembarque no dia 3 de maio. No dia seguinte, 4, ela segue viagem em solo goiano: Corumbá de Goiás, Pirenópolis e Anápolis. No dia 5, passa por Itaberaí, cidade de Goiás, Inhumas e Goiânia. Sexta-feira, dia 8, é a vez de Trindade, Aparecida de Goiânia, Piracanjuba, Morrinhos e Caldas Novas. Antes de ir para Minas Gerais, o revezamento passa por Pires do Rio, Ipameri e Goiandira no dia 7.

Em Goiânia serão 97 condutores, trocados a cada 200 metros. Participam personalidades, alunos, atletas e civis sorteados em ações promocionais dos patrocinadores. O revezamento na capital goiana começa pela Praça do Trabalhador, em frente à Câmara Municipal. O percurso deve demorar cerca de três horas e visita tradicionais pontos, como os parques Mutirama, Vaca Brava e Areião.

O Colégio Estadual Pedro Xavier Teixeira, no Setor Pedro Ludovico, servirá como ponto de apoio à comitiva olímpica. Desde o último mês, os alunos de toda a rede pública desenvolvem atividades em sala de aula sobre a história das Olimpíadas e a importância do esporte. Apesar de não ser possível a participação efetiva de todos os estudantes, as escolas organizam para ver de perto a passagem do símbolo olímpico em algum ponto do percurso.

O revezamento termina na Praça Cívica, ponto de celebração da tocha – onde o símbolo passará a noite. Além da Seduce, que auxilia a organização do evento, o Governo de Goiás conta com a participação efetiva de diversas secretarias de Estado a fim de garantir a segurança dos goianienses e da delegação durante a festa. A Prefeitura de Goiânia e as administrações dos demais municípios também são responsáveis pelo roteiro, trânsito e atrações culturais de todo o evento.

A Tocha Olímpica viajará por cerca de 300 cidades brasileiras. O destino final é o Rio de Janeiro, no dia 5 de agosto, quando ocorre a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos 2016. Os jogos vão até o dia 21 de agosto. Já as Paralimpíadas serão de 7 a 18 de setembro.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247